TOPO
  • 04/12

    Quando pensamos em Cambridge, é mais do que normal associarmos o nome a uma das universidades mais importantes e imponentes do planeta. Fazer parte da grade de acadêmicos da instituição é uma honra pela qual poucas pessoas no mundo têm a chance de passar.

    O que muita gente não sabe é que, dentro da Universidade, existe uma competição anual que avalia os bumbuns dos acadêmicos. Cada estudante posa sem roupa e virado de costas para mostrar como anda a sua comissão traseira – depois, as fotos são enviadas para a equipe que organiza o evento, e as pessoas votam nos melhores bumbuns pela internet.

    A vencedora deste ano é uma estudante que foi identificada apenas como Vita. Faltando um dia para o término das inscrições, um amigo seu, que é fotógrafo, sugeriu que ela participasse e ela acabou aceitando.

     

    Mas que beleza!
    bunda

     

    Vita não fazia ideia, no entanto, de que sua foto ficaria entre as 10 mais votadas, muito menos de que acabaria vencendo o concurso. A vitória tem um sabor especial para ela, que lutou durante anos para aceitar seu corpo como ele é.

    Por ter curvas e pernas grossas, Vita sempre se achou uma garota acima do “peso ideal”, e posar sem roupa ao lado de uma árvore em um dia de muito frio foi, além de tudo, libertador, e a fez ganhar quase um quarto de todos os votos contabilizados – até a sua mãe, que é bastante conservadora, se divertiu com a competição e comemorou o resultado.

    Ganhar o concurso significa, para ela, uma lição sobre aceitar seu próprio corpo. Agora Vita virou quase uma celebridade da universidade, e quase todo mundo elogia seu corpo e suas curvas – é claro que algumas pessoas a chamam de gorda, mas ela não está deixando que isso afete o seu bom humor.

    “Eu nunca estive tão orgulhosa de uma coisa como essa. Eu provavelmente estou mais orgulhosa disso do que ter entrado para Cambridge”, disse a jovem, em declaração publicada no Metro. Veja, a seguir, algumas fotos dos outros competidores:

     

    bunda 

    bunda 

    bunda 

    bunda 

    bunda 

    bunda 

    Via Mega Curioso.

  • 15/11

    sexo oral 

    Uma garota de programa atirou duas vezes na cabeça de um cliente após ficar insatisfeita com a qualidade do sexo oral feito por ele.

    O crime ocorreu em North Everett (estado de Washington, EUA). Marissa Wallen, de 21 anos, fazia programa na casa do homem, de 36 anos, quando perdeu o controle e atirou no cliente, segundo documentos oficiais obtidos pela emissora KIRO 7.

    Em delegacia, Marissa declarou ter ficado constrangida com a técnica do cliente e “sem saber como dizer isso a ele”. E, então, a prostituta decidiu se livrar dele de uma forma radical.

    O cliente foi encontrado insconsciente três dias depois, sendo levado a um hospital da região. Exame de imagem mostrou duas balas na cabeça da vítima. O estado do paciente é grave.

    Depois do ataque, Marissa gastou US$ 10 mil usando o cartão de crédito da vítima. Ela foi presa na terça-feira (7/11). Sua fiança foi estipulada em US$ 1 milhão.

     

    Via Page Not Found.

  • 15/11

    1 – Desde a década de 60, a população do planeta Terra dobrou.

    2 – Existem mais pessoas vivendo em Bangladesh (população estimada em 156 milhões de habitantes) do que na Rússia (população estimada em 143 milhões). Bangladesh, caso você não saiba, conta com uma área de total de 147.570 quilômetros quadrados, enquanto a Rússia tem 17.075.200 km2.

    3 – A maior causa de morte entre os soldados norte-americanos é o suicídio.

    4 – Com o dinheiro gasto nas guerras do Iraque e Afeganistão, os EUA poderiam ter instalado painéis solares nos tetos de todas as casas do país.

    mundo

    5 – De todas as espécies de mamíferos que existem no mundo, aproximadamente 20% delas são de morcegos.

    6 – As estrelas de nêutrons são tão extraordinariamente densas que, se soltássemos uma jujuba um metro acima da superfície do astro, a balinha a atingiria com uma força equivalente a mil bombas nucleares.

    mundo

    7 – E falando em estrelas, se o nosso Sol explodisse — em um evento cósmico conhecido como supernova —, a erupção seria um bilhão de vezes mais brilhante do que a que seria produzida se uma bomba de hidrogênio fosse detonada bem diante dos seus olhos.

    8 – A cada dois dias, nós, humanos, geramos uma quantidade de informação equivalente ao que a humanidade produziu desde o seu surgimento até o ano de 2010.

    mundo

    9 – Uma nuvem comum, conhecidas como cúmulos, pode conter 500.000.000 de gramas de água — ou o equivalente ao peso de 100 elefantes.

    10 – Durante as últimas quatro décadas, a Terra perdeu 50% de sua vida selvagem.

    mundo

    11 – É mais provável morrer de um disparo acidental provocado por um bebê empunhando uma arma de fogo do que em um ataque terrorista.

    12 – Cada ser humano que chegar à idade de 90 anos terá vivido por 5 mil semanas — o que significa que essa pessoa terá desfrutado de apenas cinco mil sábados ao longo de sua existência.

    mundo

    13 – Estima-se que existam 30 vezes mais árvores na Terra do que estrelas em toda a Via Láctea — segundo os cálculos, o nosso planeta conta com três trilhões de árvores, enquanto a nossa galáxia soma 100 bilhões de estrelas. 
     

    Veja mais posts curiosos como este!

     

    14 – Existem mais pessoas vivendo na Grande Tóquio (aproximadamente 38 milhões) do que no Canadá inteiro (cerca de 36 milhões).

    mundo

    15 – De todos os homens soviéticos que nasceram no ano de 1923, apenas um terço sobreviveu até 1946.

     

    Via Mega Curioso.

  • 01/11

    orgasmo 

    O fotógrafo brasileiro Marcos Alberti é fascinado em retratar expressões faciais.

    Seu primeiro grande trabalho atrás das lentes foi a série fotográfica 3 Taças Depois, no qual ele convidou diversos personagens para serem fotografados enquanto tomavam três copos de vinho.

    O resultado foram quadros divididos em quatro que mostravam a progressão da sessão de bebedeira.

     

    orgasmo 

    Inspirado nos ensaios anteriores, a empresa de produtos sexuais feminino Smile Makers convocou o brasileiro para um ensaio com uma proposta ligeiramente diferente: usando o ideia de progressão do desafio do vinhos, ele fotografou 20 mulheres antes, durante e depois do orgasmo.

     

    orgasmo 

    Com o ensaio, a empresa e o fotógrafo queriam desmistificar e quebrar tabus da sexualidade feminina. “Todas as mulheres merecem ter controle de sua sexualidade, não importa de onde vem. Elas devem se sentir livres para se empoderar e se divertir com sua sexualidade”, explicou Marcos ao comentar o projeto em seu site.

     

    orgasmo 

    Ao falar sobre a missão por trás do projeto, a gerente global da marca, Fan Yang, declarou que “a sexualidade feminina é muitas vezes envolta de vergonha e segredos. Nossa parceria com o Marcos criou um ensaio que subverte o estigma social em volta da sexualidade feminina, encorajando a normalização do prazer da mulher”.

     

    orgasmo 

    “Todas as mulheres que modelaram para o ensaio estavam cientes do que estavam fazendo, especialmente na última foto, onde estavam lindas e radiantes”, continuou Yang.

    “Nas fotos finais, com mulheres fortes e sorridentes para a câmera era exatamente o que queríamos ver. Nós esperamos que todas que vejam este projeto se sintam mais confiantes em relação ao seu corpo e à sua sexualidade”.

     

    orgasmo 

    O projeto apresentou mulheres de diferentes nacionalidades. Desde americanas e francesas, sexualmente mais liberais, até chinesas e cingapurianas, criadas em ambientes mais reprimidos.

     

    orgasmo 

    “Quando você trata de um tabu com leveza e certo humor, as pessoas começam a se abrir e expressar suas opiniões mais livremente, o que pode levar a uma grande mudança na mentalidade delas”, finalizou Marcos.

     

    Veja mais posts curiosos aqui!

     

    orgasmo 

    orgasmo 

    orgasmo 

    Via VIP.

  • 29/09

    sexo 

    Quando falamos em “posições perigosas no sexo” logo surgem na mente o Kama Sutra e algumas imagens mirabolantes. Mas segundo um estudo recente da revista científica International Journal of Impotence Research as maiores ameaças estão no bê-á-bá da cama.

    A pesquisa entrevistou 90 pacientes que foram diagnosticados com fraturas no pênis na hora do sexo em hospitais ingleses. Daí vem a “blacklist do amor”: a campeã é o famoso “sexo de quatro”, responsável por 41% de rupturas penianas; a medalha de prata ficou com a icônica “papai e mamãe”, com 25%; em terceiro, a famosa “cavalgada” (com a mulher em cima), com 10%.

    A explicação? De acordo com a sexóloga britânica Tracey Cox, no caso da “posição de quatro” o risco está em a mulher fazer movimentos junto ao parceiro. A falta de sincronia — bem ao ritmo “cada um para o seu lado”— pode fazer o membro dobrar em ângulos incompatíveis com sua musculatura. Nesse caso, a solução é fugir da cama, dando preferência ao chão, e segurar a mulher pelo quadris com firmeza.

    Quem prefere a “papai e mamãe” na hora do sexo, deve tomar cuidado com a superfície onde ocorre o ato. “No solo, basta uma escapada mais forte para fazer o pênis ereto ir de encontro com uma região dura e gerar uma lesão”, completa Tracey.

    O resultado da pesquisa, porém, é diferente de outros estudos e fontes – o que talvez indique que os hábitos sexuais dos britânicos são diferentes dos nossos. No Brasil, em 2015, uma pesquisa feita em três hospitais de Campinas indicou que 50% dos acidentes registrados ocorriam na posição da mulher por cima do homem. 
     

    Veja mais notícias curiosas como essa!

     

    O mesmo afirmou o urologista Sidney Glyna para nossas colegas da revista Cosmopolitan. Ele alerta que, mesmo que a fratura não aconteça, movimentos muito bruscos podem causar microtraumas em seu parceiro, que com o tempo se acumulam e causam a chamada Doença de Peyronie, criando uma fibrose em torno do pênis.

     

    Via VIP.

Página 1 de 13312345...102030...Última »