Categoria: Carros

carros-conceito

 

Listamos as supermáquinas que logo poderão ganhar lugar nas garagens dos amantes de motor:

 

Ferrari XX K

carros-conceito

Michael Schumacher não está mais na casa italiana, mas a marca tem talento de sobra nos pilotos da escuderia para poder criar um dos automóveis mais espetaculares e emocionantes da história, a FXX K, a versão hiperesportiva da superesportiva LaFerrari. Como aconteceu em meados da década passada com o modelo Enzo, a Ferrari criou um carro com tecnologias desenvolvidas na Fórmula 1 em seus genes, inclusive os famosos sistemas de recuperação de energia das freadas que ajudam na aceleração (daí o K do nome).

A tecnologia não é nada mais do que uma bateria que armazena eletricidade e a converte em um boost de cavalos quando o motorista o exige. Com isso, o sistema de propulsão híbrido da FXX K produz 1.050 cv. Entretanto, mais impressionante que a potência do motor é o design da carroceria, com suas linhas e apêndices aerodinâmicos. São mais de 300 km/h de velocidade máxima, menos de três segundos de zero a 100 km/h e 540 quilos de downforce a 200 km/h.

 

Lamborghini Asterion

carros-conceito

Quando a marca italiana dava sinais de continuar no bem-sucedido caminho dos automóveis com motor central, ela deslumbrou o mundo com este impactante cupê híbrido apresentado em Paris, um rival digno da LaFerrari e do Porsche 918.

carros-conceito

Infelizmente, os diretores não confirmaram a chegada do modelo à linha de produção. A marca tem tudo à disposição para fazê-lo, pois a unidade motriz é composta por um motor V10 a gasolina e três propulsores elétricos, com 910 cv no total. O zero a 100 km/h é atingido em três segundos, a velocidade máxima é de 320 km/h. No modo elétrico, o carro pode rodar 50 quilômetros a até 125 km/h.

  Continue Lendo

Postado em: Carros Por: Binho

Porsche 911

 

A nova geração do Porsche 911 Carrera aparecerá com novidades no visual e sob o capô na próxima semana, durante o Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha. A principal mudança no modelo ícone da marca alemã é a adoção de motores turbo em toda a gama, deixando de lado os motores aspirados.

 

Os novos propulsores 3.0 de 6 cilindros possuem dois turbocompressores, que elevam a potência a até 370 cavalos no modelo de entrada e a 420 cv no Carrera S – um aumento de 20 cv em comparação com os 3.4 e 3.8 aspirados, que equipam a versão anterior.

 

Com o novo motor biturbo, o torque passou de 39,76 para 45,8 kgfm de torque no 911 Carrera. A versão S teve o torque elevado na mesma proporção, de 44,8 para 51 kgfm, que estão disponíveis entre 1.700 e 5.000 rotações por minuto.

 

Porsche 911

 

Para os puristas, o câmbio manual de 7 velocidades foi mantido como item de série, mas quem optar pelo automático de dupla embreagem (PDK) e incluir o pacote esportivo opcional poderá ter a sensação de estar no primeiro 911 que acelera de zero a 100 km/h em menos de 4 segundos (3,9 segundos, de acordo com a fabricante).

 

A suspensão ativa, que permite baixar o carro em 10 milímetros, agora é de série no esportivo, que passa a ter como opcional o esterçamento ativo das rodas traseiras – tecnologia que apareceu pela primeira vez no GT3 de comemoração do aniversário de 50 anos do modelo.

 

Porsche 911

 

Por fora, o desenho do 911 foi retocado, principalmente nos faróis dianteiros, no capô e na traseira. Por dentro, um novo sistema multimídia oferece tela sensível ao toque de 7 polegadas e conectividade por meio dos sistemas Apple CarPlay e Android Auto, além de navegação por GPS com informações de trânsito em tempo real.

 

A nova geração do Posche 911 chega às lojas na Europa no final do ano, com preços a partir de 76,4 mil libras (R$ 440 mil) no Reino Unido. No Brasil, a geração atual pode ser encontrada a partir de R$ 625 mil (Carrera S), e até R$ 1,25 milhão na versão Turbo S Cabrio.

 

Porsche 911

 

Via Auto Esporte.

Postado em: Carros Por: Binho

fiat

 

Enquanto a Renault exibiu a versão de produção de sua primeira picape, a Fiat mostrou no Salão de Buenos Aires o mesmo conceito exibido em São Paulo no ano passado. Mas a marca confirmou que vai lançar o novo modelo entre o fim do ano e o início de 2016.

 

A Renault promete a picape Duster Oroch para o segundo semestre deste ano.

 

As duas marcas deverão inaugurar um subsegmento, o das picapes “quase médias”, que ficam entre a Strada, também da Fiat, e a Chevrolet S10, por exemplo.

 

Por falar em tamanho, a picape da Fiat divide a mesma arquitetura que o Jeep Renegade, e deverá ser feita também na nova fábrica de Goiana (PE), recém-inaugurada pela linha do SUV compacto.

 

A marca ainda não deu detalhes sobre o modelo. O conceito exibido em SP e Buenos Aires, ainda sob o nome FCC4, é um “boneco”: o interior não está pronto, daí os vidros escurecidos.

 

O carro já foi visto rodando em testes, como “mula” (protótipo de um carro que ainda não tem o visual definitivo ou esconde esse visual com peças externas de outro modelo) em Belo Horizonte -a Fiat tem fábrica em Betim, também em MG.

 

fiat

 

Mais sobre a Renault Oroch

Mais cedo, em Buenos Aires, a primeira picape da Renault foi mostrada em versão de produção. Segundo Dominique Musset, diretor de produto da Renault para as Américas, o lançamento foi desenvolvido no Brasil. “Pode ser um carro para família e também para empresas”, afirmou.

 

A Duster Oroch terá suspensão multilink no eixo traseiro e chegará primeiro apenas com tração 4×2. A distância entre-eixos foi aumentada em relação ao Duster.

 

A Oroch apareceu no Salão de São Paulo em forma de conceito e agora foi revelada com seu desenho final. O modelo é a primeira picape da marca francesa e estreia um segmento sem concorrentes.

 

Com 4 portas e espaço para 5 pessoas, a Duster Oroch vai cobrir um espaço entre as picapes pequenas (Fiat Strada, Volkswagen Saveiro) e as grandes (Chevrolet S10, Ford Ranger, Toyota Hilux, etc), assim como o futuro lançamento da Fiat.

 

oroch

 

“Vimos uma lacuna entre a Strada, pequena demais, e a S10, grande demais. Além do tamanho, também existe espaço pela faixa de preço”, afirmou Musset.

 

oroch

 

oroch

 

oroch

 

Via Auto Esporte.

Postado em: Carros Por: Binho
XvideosPorno

Em homenagem ao Opala Diplomata, Renato Aspromonte fez uma projeção de como seria o Opala 2015.

Escolhemos a versão Diplomata, top de linha desde o início dos anos 1980. A base de inspiração veio do impala, lançado em 2012 nos EUA. “Não foi preciso mexer muito, pois o carro já tem porte de Opala. Quis manter o formato da grades e faróis do ‘Opalão’ do ano de 1990, bem como a traseira, com lanternas fumês unidas por um aplique de plástico”, afirma o designer e publicitário Aspromonte.

Confira as imagens abaixo do novo Opala 2015:

opala

O motor também poderia ser emprestado do Impala americano, né? Nesse caso, o Diplomata voltaria às ruas com um bloco 3.6 V6 de generosos 307 cv, combinando com uma transmissão automática de seis marchas.

Via Aglomerado Digital.

Postado em: Carros Por: Binho

mercedes

 

Campeã pela primeira vez do Mundial de Construtores na Fórmula 1 neste ano, a Mercedes resolveu levar para seus carros de rua a conquista da maior categoria do automobilismo mundial. A montadora alemã lançou dois modelos especiais do esportivo SL 63 AMG com a grife de seus pilotos: o bicampeão Lewis Hamilton e o vice Nico Rosberg. Os pilotos escolheram as cores e os detalhes dos carros: Hamilton foi com a cor preta para a carroceria, enquanto Rosberg preferiu o branco. Apenas 38 modelos serão produzidos, 19 de cada piloto, e autografados. Cada um dos SL 63 AMG World Championship 2014 Collector’s Edition vem com uma placa em referência aos circuitos desta temporada.

 

A Mercedes oferecerá os 38 modelos da série especial apenas aos membros do Círculo de Excelência, uma lista exclusiva de compradores da montadora alemã. Primeiramente, eles serão oferecidos em pares, para manter o “espírito de equipe”. Em seguida, os que sobrarem serão vendidos individualmente. Os compradores receberão também um capacete usado por Lewis Hamilton ou Nico Rosberg; um relógio especial da IWC, patrocinadora da equipe; um livro da F-1 autografado pelos dois pilotos e um convite para a corrida de abertura da temporada 2015, em Melbourne, na Austrália. Os carros serão entregues no GP da Alemanha de 2015, marcado para o fim de semana entre os dias 17 e 19 de julho.

 

E o preço da brincadeira? Quem comprar os dois carros de uma só vez pagará R$ 2 milhões (€629.510). Ou seja, R$ 1 milhão por cada carro. E a motorização é atraente: V8 biturbo de 5,5 litros, com potência de 585 cavalos. A velocidade máxima é limitada em 300 km/h, ideal para as Autobahnen alemãs.

 

Confira mais fotos dos modelos SL 63 AMG World Championship 2014 Collector’s Edition:

 

Mercedes

Mercedes

Mercedes

Mercedes

Mercedes

Mercedes

Mercedes

Mercedes

Via Blog Voando Baixo.

Postado em: Carros Por: Binho
acompanhantes de são paulo