Categoria: Carros

Anuncie aqui

 

Na semana em que os primeiros Ford GT começam a ser entregues aos seus donos, finalmente foi divulgada as especificações técnicas do esportivo.

 

 

O carro conta com a melhor versão já feita do motor Ecoboost da Ford, de 3.5 litros, V6 e 647 cavalos. Sua relação peso-potência também é destaque, com 76kfmg de torque contra 1,3t de peso (seco, sem os fluídos), colocando o GT a frente da Ferrari 458 Speciale e da McLaren 675 LT. Com a vantagem de ter uma velocidade final mais alta: enquanto os europeus chegam a a 320km/h e 325km/h respectivamente, o Ford atinge 350km/h.

 

 

Veja mais notícias sobre carros!

 

Em uma volta no circuito de Calabogie no Canadá, o carro bateu a marca de 2 minutos e 9,8s contra 2:10,8s do McLaren e 2:12,9 da Ferrari.

 

Esse é o carro mais rápido já produzido em escala pela Ford, batendo o Ford GT 2005-06, que atingia a velocidade máxima de 330km/h.

 

 

Via VIP.

Postado em: CarrosFord Por: Binho

Mercedes Benz 

A Mercedes-Benz finalmente acabou com o mistério que cercava o lançamento de sua primeira picape média. Em Estocolmo, na Suécia, a marca apresentou nesta terça-feira (25) dois protótipos para antecipar os detalhes das inéditas camionetes.

 

Mercedes-Benz 

Mercedes-Benz 

A primeira, batizada de Stylish Explorer (modelo branco), tem aparência premium e pegada esportiva. A segunda, Powerful Adventurer (modelo amarelo), vem com pegada off-road e aspecto mais robusto.

 

A Classe X, como vem sendo nomeada a linha, pretende atender uma fórmula de esportividade, elegância e espírito de aventura. O conceito da picape média, que será vendida no Brasil até 2020, tornará a Mercedes a primeira marca “premium” a entrar no segmento.

 

Mercedes-Benz 

A produção, em parceria com a Renault-Nissan, começa no final de 2017, na Espanha, e vai abastecer o mercado europeu, australiano e sul-africano. O modelo brasileiro será feito na fábrica da Renault em Córdoba, na Argentina, com previsão de chegada para 2018.

 

Mercedes-Benz 

Veja mais posts sobre automóveis! >>

 

Segundo a montadora, a versão top de linha da futura picape será empurrada por motor V6 a diesel com tração permanente nas 4 rodas. Essa combinação terá capacidade de carregar 1,1 tonelada na caçamba ou de puxar até 3,5 toneladas.

 

Via VIP.

Postado em: CarrosMercedes-Benz Por: Binho

Civic hatch 

A Honda apresentou nesta segunda-feira (15) a versão de produção do Civic hatch, que havia aparecido apenas como conceito no Salão de Genebra 2016.

 

O modelo tem como base a 10ª geração do Civic, vendida no Brasil em sua opção sedã.

 

O carro chega primeiro ao mercado norte americano, mas a produção começou na fábrica de Swindon, no Reino Unido.

 

A empresa também prometeu que lançará a versão mais esportiva do carro, o Type-R, no próximo ano.

 

Civic hatch 

O motor escolhido para o Civic hatch foi o 1.5 turbo, disponível no Brasil na versão topo de linha Touring. Nos Estados Unidos, o motor rende de 174 cavalos a 180 cavalos.

 

Existe a opção de equipar o carro com câmbio CVT automático ou manual de 6 marchas.

 

No Brasil

 

Civic hatch 

A 10ª geração do Civic sedã foi lançada no Brasil em agosto passado, com preços entre R$ 87,9 mil e R$ 124,9 mil. No mercado brasileiro, além da opção de motor 1.5 turbo de 173 cavalos, também é disponível o 2.0 aspirado flex de 155 cavalos de potência.

 

Via Auto Esporte.

Postado em: CarrosHonda Por: Binho
Anuncie aqui

Monza

O modelo que é o favorito para substituir o antigo Monza em 2016 será um veículo de visual deslumbrante, disse Neils Loeb, um dos designers chave do projeto que concebeu o visual futurista que se sobrepõe de longe ao modelo que decorou as ruas brasileiras na década de 80 e 90. O Monza ressurge quase quarenta anos depois de seu laçamento original.

Devemos lembrar sempre que as pessoas consomem marcas, mas também gostam de saber que estão levando uma estrutura, um conjunto de valores, por trás de uma marca. E isso é muito mais do que um logotipo. Para ter sentido na vida dos consumidores, é vital que a marca transmita valores como confiança, segurança, ética, qualidade, criatividade e responsabilidade. A Chevrolet é uma empresa que nos brindou com o Monza nas décadas de 80 e 90 fazendo parte do nosso cotidiano. Lembro quando criança, sentia muito orgulho em passear no antigo Monza. Super carro à época!

Monza

O novo modelo do Chevrolet Monza, apresentado nesta publicação é uma proposta da versão do modelo conceito da Opel, apresentado em 2014, (que por sua vez resgata o nome do coupé alemão que foi sucessor do Commodore – que originou o nosso Opala). Obviamente que a versão de produção em grande escala, virá sem os exageros da versão conceitual.

O CEO da Opel, Karl-Thomas Neumann, disse que o novo conceito Monza causará um impacto de longa duração no futuro da GM. “Conforme vamos em frente, os tópicos de eficiência e conectividade estão no topo da nossa lista de prioridades.”

Monza

O Monza é um coupé de 4 lugares, de capô longo e traseira bem curta, quase como um hatch. No Brasil o modelo mais comercializado foi a versão sedã. Na dianteira, mudam os faróis, a grade, e o desenho do pára-choque, que está mais convencional. Mas as generosas entradas de ar estão mantidas, pois fazem parte da identidade do novo Monza.

As maiores alterações foram feitas na lateral, a saída de ar foi mantida na versão de produção em escala, a porta tem tamanho ideal para um esportivo e a janela traseira tem o desenho que segue o aerofólio. Mas apesar de tantas mudanças, o arco cromado foi mantido, ele percorre toda a parte superior das janelas e se encontra com os retrovisores, que mantém o mesmo formato mas com layout interno e externo simplificado. O pára-choque recebe o local da placa e dois olhos-de-gato.

O Diretor de design da Opel Malcolm Ward diz que, embora os designers não antecipem seus futuros lançamentos antes da versão conceito, o novo Monza sem sombra de dúvidas será muito especial. Os apaixonados pelo modelo anterior não perdem por esperar!

Monza

Se você estiver lembrado, deve saber que o Monza que nós conhecemos no Brasil era um super carro à época, com valor elevadíssimo para a maioria da população, e continuará assim! O novo Monza virá como um SUV compacto e irá concorrer com os modelos Audi Q5, BMW X3 entre outros do mesmo porte.

“Posso assegurar a todos que é e será um dos carros mais bonitos que você já possa ter visto em anos. É absolutamente lindo!”, disse Ward, que foi o designer-chefe do projeto exterior do atual Insignia que foi comercializado por apenas um ano na Austrália, antes da Opel retirar o modelo do mercado prematuramente, abrindo assim, caminho para o novo Monza chegar ao mercado de fato.

Mecanicamente o Monza não terá nada de 1.8 ou 2.0, com novas tecnologias, o modelo terá motor V6 3.6 com 325 cavalos de potência, o mesmo do Cadillac.

Via Mundo Fixa.

Postado em: Carros Por: Binho

ferrari 

A Ferrari apresentou no Salão de de Genebra 2016 a versão redesenhada do modelo FF. O novo esportivo de quatro lugares da montadora é o GTC 4Lusso que, além de muitas inovações, traz uma mistura de design de alguns modelos clássicos da italiana.

 

O próprio nome, GTC 4Lusso (que significa luxo em italiano), evoca a herança dos modelos 330 GTC e 250 GT Berlinetta Lusso, e traz o número quatro em sua nomenclatura em alusão a quantidade de acentos do cupê.

 

O modelo é equipado com um motor V12 de 6,3 litros, naturalmente aspirado do FF, mas com um aumento de potencia, elevando o número de cavalos para 680 (sem contar o do capô). Além disso, sua velocidade máxima pode chegar a 335 km/h, enquanto o ponteiro do acelerômetro atinge de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos. E isso é só o começo.

 

ferrari 

A GTC4Lusso recebeu um novo sistema de tração permanente e direção nas quatro rodas, juntamente com a quarta geração do sistema Slip Control Slide, que ajuda a melhorar o manuseio do veículo. O que isso significa: se você decidir acelerar com potência máxima, você tomará uma multa, mas pelo menos seu carro não vai sair de controle.

 

Para fortalecer a aerodinâmica, há uma nova grade dianteira com entradas de ar integradas, saídas de sobre as asas – semelhantes ao modelo 330 GTC -, bem como um spoiler traseiro vindo do teto. Suas linhas fluídas e o design básico do exterior são semelhantes ao FF, mas algumas mudanças na parte de traseira, como a substituição das duas luzes individuais por quatro, são mais evidentes.

 

ferrari 

O interior também evoluiu e possui uma nova central multimídia de 10,25 polegadas touchscreen. No lado do passageiro, uma tela acima do porta-luvas mostra dados como velocidade, marcha escolhida e conta-giros. Outra alteração em relação ao FF é o volante, que ficou menor e também une diversos comandos diferentes, como modos de condução, ajustes da suspensão, partida do veículo, acionamento de luzes direcionais, faróis e limpadores de para-brisa – quase um F1.

 

Embora a Ferrari ainda não tenha divulgado o preço da Ferrari GTC4Lusso, mas veículos especializados especulam que seja algo próximo da FF, por volta de US$ 300 mil.

 

ferrari 

Via GQ.

Postado em: Carros Por: Binho

Anuncie aqui