TOPO
  • 20/03

    sexo oral 

    Como a própria empresa vende, o “iTunes do sexo oral para mulheres” tem de tudo para mudar sua vida — e de seu(a) parceiro(a). Por meio do OCast, desenvolvido pela empresa Camsoda, qualquer um que tenha acesso ao aplicativo pode transferir os “padrões” da língua para um vibrador Bluetooth conectado com o app.

     

    Você pode gravar até 60 segundos de movimentos que podem variar entre círculos, linhas retas ou, simplesmente, o movimento complexo que quiser. De acordo com comunicados à imprensa, o produto foi testado e aprovado pelas cam models do Camsoda, que garantiram a eficácia dos estímulos.

     

    E é claro que sempre tem um jeito de burlar o sistema. Caso a ideia de lamber a tela do seu celular (que, por acaso, tem mais bactérias que uma tampa de privada) seja muito fora da sua realidade, basta utilizar os dedos.

     

    Se, mesmo assim, a ideia não parecer boa, o(a) dono(a) do aparelho Bluetooth pode escolher entre os padrões a seguir, já disponíveis no site:

     

     

    Veja mais notícias curiosas como essa!

     

    OCast é gratuito somente neste mês de março, como ação da plataforma para este “mês da mulher”, sendo que os vibradores são vendidos por cerca de 100 dólares.

     

    Ficou curioso — ou quer adquirir o app? Conheça o site oficial.

     

    Via VIP.

  • 02/03

    tênis 

    Tênis que fazem coisas não são mais novidade. E um deles é esse modelo lançado pela Pizza Hut. Chamado de Pie Tops, o calçado branco e vermelho estilo vintage vem com uma conexão Bluetooth que permite a qualquer um pedir uma pizza apenas ao apertar um botão na língua.

     

    O modelo foi criado pela agência Droga5 em parceria com Dominic Chambrone, o famoso designer de sneakers de Los Angeles conhecido como o Shoe Surgeon.

     

    A ideia da campanha, que pode ser vista abaixo, é vincular a marca ao March Madness. Mês em que acontecem os torneios universitários de basquete dos Estados Unidos. Somente 64 pares de Pie Tops habilitados para Bluetooth foram feitos por enquanto. Um para cada time que disputará a competição.

     

    Veja mais curiosidades como essa!

     

     

    Via GQ.

  • 24/01

    Cerveja frutadas 

    Antes de o lúpulo ser instituído como insumo obrigatório, as cervejas eram fermentadas naturalmente a partir de frutas. Agora, as opções frutíferas voltaram à cena, principalmente nas cervejarias artesanais americanas (Cerveja frutadas), como um diferencial no sabor. “O Brasil observou o mercado internacional e, para se destacar, apostou na valorização das frutas nacionais, como o caju”, explica Fernanda Ueno, mestre cervejeira da Colorado, em Ribeirão Preto.

     

    A tendência não especifica o uso desses ingredientes em um único estilo de cerveja. O paladar combina tanto com as claras, como uma witbier, quanto com as escuras, como uma stout. “Para a bebida não ser enjoativa, o aroma frutado precisa estar bem equilibrado e o teor alcóolico não superar os 6%.” Por causa do clima quente, experimente os lançamentos a seguir com carnes brancas, sushi ou ceviche. “Os pratos com temperos cítricos harmonizam por semelhança com esse tipo de cerveja.”

     

    Veja essa pequena lista com uma seleção especial das melhores cerveja frutadas disponível no mercado atualmente, feita pela revista VIP.

     

    A força frutada

     

    Cerveja frutadas 

    A Belgian Tripel Chocolate é uma cerveja com nibs de cacau e laranja. À venda no Mestre Cervejeiro por R$75.

     

    Veja mais notícias interessantes como essa!

     

    Um bem para o planeta

     

    Cerveja frutadas 

    A escola cervejeira belga, com mais de 1500 rótulos disponíveis, foi nomeada como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Além da criatividade, de acordo com a organização, outro quesito determinante foi o modo pelo qual a vida cultural da Bélgica gira em torno da bebida: há espalhados pelo país cervejarias, museus, cursos, eventos, restaurantes e tavernas onde a tradição cervejeira é vivida. Aqui, boas pedidas para você celebrar:

     

    Grimbergen Blonde Belgian ALE; 330 ml por R$ 12,90
    Fantôme De Tous Les D’iâpes Saison; 750 ml por R$ 57

  • 07/01

     

    Estava com saudades de sobreviver a um fim do mundo? Então anote na agenda: a Terra vai acabar no dia 21 de agosto. Não acredita? Nesse dia vai acontecer um eclipse solar que, segundo alguns grupos de cristãos, marcará os últimos segundos de nosso planeta.

     

    O eclipse será o primeiro, em mais de 100 anos, a percorrer toda a extensão de costa a costa das Américas. Em algumas regiões dos Estados Unidos, ele será total. Aqui no Brasil, o eclipse também poderá ser visto, principalmente por pessoas que moram nas regiões mais ao norte. Capitais como Manaus e Boa Vista são as que terão a melhor visão do fenômeno.

     

    Isso, é claro, se o mundo sobreviver à previsão de apocalipse. De acordo com algumas crenças, o fim começou lá atrás, em 1947, quando Israel foi criado. Agora, 70 anos depois, chegou a hora de colocar um ponto-final nessa tal de humanidade: para alguns cristãos, o 70 é um número sagrado, já que aparece nos Salmos definindo uma “geração bíblica”. Portanto, isso seria o prenúncio de uma catástrofe.

     

     

    A primeira pessoa a prever esse novo apocalipse foi Michael Parker, um estudioso da Bíblia. Ele divulgou suas conclusões em 2015 e, desde então, outros grupos religiosos concordaram que não passaremos de 2017. De acordo com o site Unsealed, 75% da população serão aniquilados. Que medo!

     

    Veja mais posts curiosos como esse!

     

    Segundo esse site, o período de 2550 dias da Tribulação começará justamente em 2017. Para os estudiosos da Bíblia, nesses 7 anos passaremos por dores e sofrimentos que resultarão no arrebatamento dos fiéis. Será que os que não forem fiéis serão poupados? Daqui a alguns meses teremos a resposta…

     

    Via Mega Curioso.

  • 22/12

    monstros 

    Alguns estão mais para o Alien do cinema. Mas todos guardam algo em comum: moram nas profundezas dos Oceano Ártico.

     

    Roman Fedortsov, que trabalha em um barco pesqueiro baseado em Murmansk (Rússia), costuma postar no Twitter fotos das criaturas retiradas do mar por ele e companheiros de pesca.

     

    Veja abaixo alguns exemplos dos “monstros marinhos”:

     

    monstros 

    monstros 

    monstros 

    Veja mais posts sobre curiosidades! >>

     

    monstros 

    monstros 

    monstros 

    monstros 

     

    Via Page Not Found.

Página 1 de 212