TOPO
  • 20/04

     

    Conhecido como “bichinho virtual”, o Tamagotchi está de volta. Lançado em 1996 no país, o brinquedo chegou nas prateleiras de lojas do mundo todo no ano seguinte, se tornando um sucesso entre crianças.

     

    onhecido como “bichinho virtual”, o Tamagotchi está de volta. Lançado em 1996 no país, o brinquedo chegou nas prateleiras de lojas do mundo todo no ano seguinte, se tornando um sucesso entre crianças.

     

    Para celebrar os vinte anos de lançamento, a fabricante Bandai desenvolveu uma nova versão do brinquedo. O novo Tamagotchi é menor e está disponível para venda no Japão por volta de R$ 43 (confira a loja online aqui). Até o momento a empresa não sinalizou se irá voltar a vender o brinquedo em outros países.

     

    Quem está com saudades de seu bichinho, mas não quer desembolsar o valor, pode baixar um aplicativo que simula a mesma experiência do Tamagotchi. Confira como fazê-lo aqui — e boa diversão.

     

    Via Galileu.

  • 18/04

     

    Esqueça aquelas salas de estar mortas, sem vida e sem ação. Com essa nova mesa de centro, você poderá tomar um café enquanto joga um dos mais clássicos jogos de todos os tempos, Pong.

     

    Lançado em um projeto de Kickstater a mesa conta com um par de rodas usadas para controlar as raquetes, enquanto a bolinha é guiada através de um sistema de imãs. Ela ainda conta com sons e luzes que assemelham ao jogo original, do Atari.

     

     

    Ela estará disponível em quatro modelos diferentes — original (como na foto de capa), preto, marrom ou branco. A mesa ainda terá a opção de adicionar uma sistema de fichas e pode vir acompanhada de bancos com o logo da Atari.

     

     

    Além de vir com o jogo embutido, a peça traz um sistema de som via bluetooth integrado, relógio e carregador USB, deixando-a multifuncional.

     

    A mesa irá custar U$1.000 e começará a ser entregue para aqueles que aderiram o Kickstater em dezembro de 2017.

     

     

    Via VIP.

  • 10/04

    café 

    Alerta para os apaixonados por cafeína: o tipo mais forte de café do mundo foi criado. É o que afirma a Black Insomnia Coffee Company, da África do Sul.

     

    A marca contou com a ajuda de Gerald Charles, um dos maiores baristas do mundo, mais conhecido como Dr. G, para criar um café que é “tão gostoso quanto um abraço da sua avó” ao mesmo tempo que “te dá um chute” fortíssimo de cafeína. “Desta forma garantimos a criação do Café Mais Forte do Mundo ao passo que asseguramos o gosto quase doce de noz”, afirma o site da empresa.

     

    O resultado é uma bebida com concentração de 702 miligramas de cafeína a cada 354 mililitros — a marca também disponibiliza uma versão “mais light” do produto, com 660 mg de cafeína a cada 354 ml. Em termos de comparação, a maior parte das marcas brasileiras de café possui uma concentração até quatro vezes mais baixa, entre 25,8 e 50,4 mg/60 ml.

     

    Para assegurar sua posição do topo da pirâmide de cafés fortíssimos, a Black Insomnia enviou alguns pacotes de seu produto, bem como os de outras marcas, para um laboratório suíço que analisou os tipos de café e comparou suas concentrações.

     

    De acordo com o Grub Street, o café sul-africano foi o vencedor.

     

    Veja mais posts curiosos aqui!

     

    O produto está disponível para venda online em forma de cápsulas, pó e grãos por preços que variam entre R$ 23 e R$ 117. Vale ressaltar que doses tão altas de cafeína podem não fazer bem à saúde.

     

    Via Galileu.

  • 20/03

    sexo oral 

    Como a própria empresa vende, o “iTunes do sexo oral para mulheres” tem de tudo para mudar sua vida — e de seu(a) parceiro(a). Por meio do OCast, desenvolvido pela empresa Camsoda, qualquer um que tenha acesso ao aplicativo pode transferir os “padrões” da língua para um vibrador Bluetooth conectado com o app.

     

    Você pode gravar até 60 segundos de movimentos que podem variar entre círculos, linhas retas ou, simplesmente, o movimento complexo que quiser. De acordo com comunicados à imprensa, o produto foi testado e aprovado pelas cam models do Camsoda, que garantiram a eficácia dos estímulos.

     

    E é claro que sempre tem um jeito de burlar o sistema. Caso a ideia de lamber a tela do seu celular (que, por acaso, tem mais bactérias que uma tampa de privada) seja muito fora da sua realidade, basta utilizar os dedos.

     

    Se, mesmo assim, a ideia não parecer boa, o(a) dono(a) do aparelho Bluetooth pode escolher entre os padrões a seguir, já disponíveis no site:

     

     

    Veja mais notícias curiosas como essa!

     

    OCast é gratuito somente neste mês de março, como ação da plataforma para este “mês da mulher”, sendo que os vibradores são vendidos por cerca de 100 dólares.

     

    Ficou curioso — ou quer adquirir o app? Conheça o site oficial.

     

    Via VIP.

  • 02/03

    tênis 

    Tênis que fazem coisas não são mais novidade. E um deles é esse modelo lançado pela Pizza Hut. Chamado de Pie Tops, o calçado branco e vermelho estilo vintage vem com uma conexão Bluetooth que permite a qualquer um pedir uma pizza apenas ao apertar um botão na língua.

     

    O modelo foi criado pela agência Droga5 em parceria com Dominic Chambrone, o famoso designer de sneakers de Los Angeles conhecido como o Shoe Surgeon.

     

    A ideia da campanha, que pode ser vista abaixo, é vincular a marca ao March Madness. Mês em que acontecem os torneios universitários de basquete dos Estados Unidos. Somente 64 pares de Pie Tops habilitados para Bluetooth foram feitos por enquanto. Um para cada time que disputará a competição.

     

    Veja mais curiosidades como essa!

     

     

    Via GQ.

Página 1 de 3123