Categoria: Playboy

Considerada uma das maiores revistas para o público adulto masculino, a Playboy costuma ter sucesso na escolha das suas modelos para a capa. Entretanto, como nada é perfeito, algumas edições da revista foram um fracasso de vendas. Relembre 15 edições que não caíram no gosto dos leitores e mofaram nas bancas do Brasil.

Nem a popularidade de Vanessa Mesquita, vencedora do BBB 14, foi o suficiente para alavancar as vendas da edição da Playboy que a trouxe na capa deste mês. A revista de vendeu apenas 97.026 exemplares da publicação nas bancas e ganhou o título da Playboy menos vendida até hoje. O ensaio mostra Vanessa andando nua de skate e posando com um cachorro.

Antes de Vanessa, a edição menos vendida era a de Amanda Gontijo, também ex-BBB. A revista, publicada em maio deste ano, foi mais um fracasso e vendeu 99.343 mil, segundo os números divulgados pela site da editora Abril. Desse número, mais da metade é de assinantes. Foram 39 anos de publicação e essa tinha sido a primeira vez que as vendas ficam abaixo dos 100 mil exemplares.

A edição de junho de 2013 da Playboy teve uma estrela internacional na capa, mas não foi um sucesso. Tamara Ecclestone, conhecida como apresentadora de TV, socialite e herdeira do chefão da Fórmula 1, vendeu apenas 100 mil exemplares.

A capa de fevereiro de 2014 foi feita com a ex-globeleza Aline Prado. Mesmo com a temática do Carnaval, a revista não foi muito bem sucedida com o público e vendeu cerca de 101 mil cópias.

Aline Franzoi também não teve sucesso com o número de exemplares vendidos. Em setembro de 2013, a Playboy de Aline, famosa por ser ring girl e a primeira evangélica a posar nua para a revista, vendeu aproximadamente 103 mil cópias.

Mari Silvestre teve destaque como coleguinha do Caldeirão do Huck e foi chamada para posar nua para a capa da Playboy, entretanto, não conquistou, na revista, o mesmo sucesso que no programa. Sua edição, de março de 2014, vendeu 104 mil exemplares.

Continue Lendo
Postado em: GatasPlayboy Por: Binho