TOPO
  • 20/04

     

    Conhecido como “bichinho virtual”, o Tamagotchi está de volta. Lançado em 1996 no país, o brinquedo chegou nas prateleiras de lojas do mundo todo no ano seguinte, se tornando um sucesso entre crianças.

     

    onhecido como “bichinho virtual”, o Tamagotchi está de volta. Lançado em 1996 no país, o brinquedo chegou nas prateleiras de lojas do mundo todo no ano seguinte, se tornando um sucesso entre crianças.

     

    Para celebrar os vinte anos de lançamento, a fabricante Bandai desenvolveu uma nova versão do brinquedo. O novo Tamagotchi é menor e está disponível para venda no Japão por volta de R$ 43 (confira a loja online aqui). Até o momento a empresa não sinalizou se irá voltar a vender o brinquedo em outros países.

     

    Quem está com saudades de seu bichinho, mas não quer desembolsar o valor, pode baixar um aplicativo que simula a mesma experiência do Tamagotchi. Confira como fazê-lo aqui — e boa diversão.

     

    Via Galileu.

  • 12/04

     

    1 – A Fênix

    A fênix é um pássaro fantástico originário da mitologia grega, embora existam versões desse animal em outras culturas, como é o caso de Bennu, dos antigos egípcios, Fèng Huáng, dos chineses, e Ho-o, dos japoneses. Ele quase sempre é descrito como uma ave de grande porte — semelhante à águia, ao falcão ou ao pavão — dotado de olhos como safiras e brilhantes penas amarelas, vermelhas e roxas.

    O legal sobre essa poderosa ave é que, ao morrer, seu corpo entra em chamas e a fênix renasce a partir das próprias cinzas. Além disso, segundo as lendas, esses pássaros possuem lágrimas com poderes medicinais e que inclusive podem ser usadas para trazer os mortos de volta à vida. E é por isso que, simbolicamente, a fênix está associada à ideia de ressurreição. Então, quem não gostaria de ter um animal desses por perto?

     

    2 – O Unicórnio

    As lendas sobre os unicórnios circulam pelo mundo desde a Antiguidade, e existem menções sobre esses animais extraordinários dotados de um único chifre em obras da Roma e Grécia Antiga, da mitologia chinesa, e até na Bíblia — dependendo da tradução que você consultar!

    De acordo com Plínio, o Jovem, um dos caras que escreveram sobre os unicórnios, eles eram bem diferentes das ilustrações que vemos hoje dia desses seres. Segundo o romano, se tratava de criaturas selvagens com corpo de cavalo, cabeça de veado, pés de elefante, cauda de javali e dotadas com um enorme chifre negro no meio da testa.

    As representações dos unicórnios só passaram a ser mais parecidas com as que estamos acostumados atualmente durante a Idade Média e a Renascença, e eles começaram a ser associados com a ideia de pureza e virgindade. Tanto que, segundo os contos dessas épocas, esses animais só podiam ser domados por donzelas virgens e de coração puro — que tinham que parar diante deles e mostrar seus seios nus.

     

    3 – O Hipogrifo

    Imagine um animal que é metade cavalo e metade águia e é capaz de voar! Esse é o hipogrifo, uma criatura mitológica que nasceu da união de uma égua com um grifo — outro ser lendário conhecido por ter o corpo de um leão, a cabeça e as asas de uma águia, e por botar ovos de ouro.

    Mas, voltando ao hipogrifo, esse ser foi criado pelo italiano Ludovico Ariosto e descrito em sua saga chamada Orlando Furioso, de 1516. Mais recentemente, um desses animais fez uma aparição em um dos filmes de Harry Potter — “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban” —, e suas características foram retratadas direitinho no longa!

    Segundo Ariosto, ao contrário dos grifos, os hipogrifos podem ser domados e são criaturas que prezam pela honra e pela nobreza. Ademais, eles podem ser um pouco temperamentais com desconhecidos, mas são incrivelmente leais com aqueles que eles aceitam em seu círculo.

     

    4 – O Centauro

    Originários das histórias da Grécia Antiga, os centauros são criaturas com corpo e patas de cavalo, mas torso, braços e cabeça são de humanos. Segundo a lenda, esses seres eram descendentes de Íxion, um dos maiores vilões da mitologia grega, e uma nuvem — modelada por Zeus para se parecer com Hera.

    Eles deixaram o Monte Olimpo para viver nas florestas da Tessália e ficaram conhecidos por sua inteligência e por preferir viver em grupos isolados. Ainda de acordo com as lendas, os centauros viviam em cavernas, se alimentavam de animais selvagens que eles caçavam e costumavam usar galhos de árvores e pedras como armas.

     

     

    5 – A Esfinge

    Mais uma figura da mitologia grega, a esfinge é um ser com corpo de leão, asas de águia, busto e cabeça de mulher e, de acordo com algumas descrições, com uma serpente como cauda. Mas não pense que, por se tratar de uma personagem feminina, era uma criatura maternal e boazinha!

    Segundo a lenda, a esfinge tocava o terror em Tebas, no Antigo Egito, e residia no lado de fora da cidade. Ela desafiava os visitantes a responder uma charada — o famoso enigma da esfinge: que criatura tem quatro pés pela manhã, dois ao meio-dia e três à tarde? — e, se eles errassem ou demorassem demais para dar a resposta, eram devorados pela criatura.

    Dos seres da mitologia que descrevemos na lista, a esfinge talvez seja um que não seria muito legal de encontrar na vida real… a não ser que você saiba a resposta para o enigma, é claro! E aí, caro leitor, você sabe? E sobre as criaturas da mitologia que você gostaria de ver um dia, existem outras que não mencionamos acima? Não deixe de contar para a gente nos comentários!

     

    Via Mega Curioso.

  • 10/04

    café 

    Alerta para os apaixonados por cafeína: o tipo mais forte de café do mundo foi criado. É o que afirma a Black Insomnia Coffee Company, da África do Sul.

     

    A marca contou com a ajuda de Gerald Charles, um dos maiores baristas do mundo, mais conhecido como Dr. G, para criar um café que é “tão gostoso quanto um abraço da sua avó” ao mesmo tempo que “te dá um chute” fortíssimo de cafeína. “Desta forma garantimos a criação do Café Mais Forte do Mundo ao passo que asseguramos o gosto quase doce de noz”, afirma o site da empresa.

     

    O resultado é uma bebida com concentração de 702 miligramas de cafeína a cada 354 mililitros — a marca também disponibiliza uma versão “mais light” do produto, com 660 mg de cafeína a cada 354 ml. Em termos de comparação, a maior parte das marcas brasileiras de café possui uma concentração até quatro vezes mais baixa, entre 25,8 e 50,4 mg/60 ml.

     

    Para assegurar sua posição do topo da pirâmide de cafés fortíssimos, a Black Insomnia enviou alguns pacotes de seu produto, bem como os de outras marcas, para um laboratório suíço que analisou os tipos de café e comparou suas concentrações.

     

    De acordo com o Grub Street, o café sul-africano foi o vencedor.

     

    Veja mais posts curiosos aqui!

     

    O produto está disponível para venda online em forma de cápsulas, pó e grãos por preços que variam entre R$ 23 e R$ 117. Vale ressaltar que doses tão altas de cafeína podem não fazer bem à saúde.

     

    Via Galileu.

  • 08/04
  • 21/03

     

    Sim, aquela história de “Skynet está chegando” realmente já está um pouco saturada mesmo em tom de brincadeira. Porém, isso não significa que as inteligências artificiais e os avanços na área não estejam surpreendentemente avançados a ponto de agora existir até uma previsão sobre quando seremos igualados pelas máquinas.

     

    E quem fez esse exercício de futurologia não foi qualquer um: trata-se do diretor de Engenharia da Google, Ray Kurzweil. Em entrevista durante um painel no SXSW, ele afirmou que 2029 é o ano em que os computadores terão uma inteligência igualada à dos humanos.

     

    O prazo de que isso vá acontecer daqui a 12 anos é um dos mais próximos que um especialista já citou. E ele pode ter bons dados para isso, já que a Boston Dynamics (e seus assustadores robôs-animais) atualmente pertence à Google. Para você ter ideia, o físico Stephen Hawking só acredita que isso vá acontecer por volta de 2045.

     

    Um otimista

     

    Kurzweil ainda diz que não se preocupa com uma eventual revolução das máquinas ou escravização do ser humano, já que não existe uma espécie de líder. “Isso não é realista. Nós não temos uma ou duas inteligências artificiais no mundo. Hoje, temos bilhões”.

     

    Veja mais curiosidades como essa!

     

    O engenheiro aponta ainda que as máquinas já estão até nos ajudando e tornando a humanidade mais inteligente de várias formas. “Elas podem ainda não estar dentro de nossos corpos, mas, lá por 2030, vamos conectar nosso neocórtex (a parte do cérebro em que se forma nosso pensamento) à nuvem. Nós seremos mais engraçados, melhores na música. (…) Vamos exemplificar todas as coisas que valorizamos em nós, humanos, um degrau acima”, explica.

     

    Via Mega Curioso.

Página 1 de 8912345...102030...Última »