Tag: rio de janeiro

Garotas de programa de Brasília - Brasil lovers

Uma mineirinha de arrepiar, disposta a tudo para realizar os seus mais secretos desejos, atendendo em seu privê em Copacabana.

 

As mais belas travestis do Rio de Janeiro você encontra no Tsrio!

 

yannezinha

Postado em: Publieditorial Por: Binho

E o Papa chegou

 

heuheueheuheuheuheuheueheuheuehuehue

Postado em: HumorImagens Por: Juca

Dois Toques

 

Várzea

Vamos fazer um dissertar breve sobre o que estamos vendo de perto nesse estado fluminense.

 

Papelão dos governos federal e estadual esse lance dos estádios tudo capengando. Uma semana foi suficiente pra passar água e sabão na cara maquiada que estavam nos vendendo há anos. Cobertura colada a cuspe no Engenhão, um campeonatinho muito do feioso, geral na pindaíba, ninguém com uma casa apresentável e – pior – autoridade nenhuma fazendo nada pra reparar a lambança.

 

Não sei vocês, mas acredito que a boa arte da sempre jogação de sujeira pra debaixo do tapete diz explicitamente que essa seria a hora de ouvirmos um blá qualquer sobre “estamos fazendo”, “medidas serão tomadas”, “vamos apurar”, mas não. Ninguém diz nada, ninguém busca o pedreiro de nível superior completo que finalizou a bagaça, não vão chamar os responsáveis pela compra do material cabuloso que usaram pra dar aquele ar tosco estilo Niemeyer ao Engenhão… Eles já se preocuparam em nos enganar, hoje evacuam e caminham no style.

 

Não bastando essa cagada toda parece que se esqueceram que o argumento vendido desde que Charles Muller chegou em solo pátrio, com um esporte novo de usar o dedão, para se ter uma Copa do Mundo é o constante crescimento estrutural que a mesma traria. Argumento esse vendido em níveis colossais para a eleição do Rio à sede das Olimpíadas. Logo, esse é o momento exato pra Dama de vermelho rodar a baiana e pelo menos fingir que está tentando fazer valer a máxima a nós tantas vezes apregoada. Repito: Em pensar que já se preocuparam em nos enganar.

 

Agora, no acender das luzes para a Copa das Confederações nem se preocupam em resolver o problema da casa pra receber quem é de fora, afinal o torneio, de Engenho de Dentro passa longe. Não está nas redondezas do Engenhão, mas a cidade é a mesma. E ignorar só porque a peleja nada tem a ver com o Maraca é semelhante àquela dona de casa porca e desordeira que nunca limpa o quarto e quando tem que receber visitas prende aquelas trinta pessoas amontoadas na sala e restringe o acesso da rapeize ao atual cômodo e banheiro. Lamentável! Poderiam pelo menos passar uma falsa ideia de preocupação e comprometimento com o que é nosso, afinal de contas, mesmo que mequetrefe, lixoso e sem crédito, o estadual está rolando e pelas condições atuais, em situações precárias. Mais uma baixa e será instaurado o Caixão 2013. Taqueoparéu. Em pensar que já tentaram enganar a gente.

 

Assim sendo, só nos resta torcer para que de fato exista alguma preocupação estadual e federal para com o nosso desporto-mor aqui nesse estado fluminense, porque do jeito que anda está ficando complicado. Não assisto a jogos do meu time vai fazer aniversário. Não consigo me sentir confortável indo a um lugar sem ter a certeza de que retornarei caminhando.

 

É preciso que nossas autoridades evoluam suas mentes criativas prontas para o mal e não pensem em usar o Maracanã sugando até o osso, senão vai dar aquele efeito tênis de pobre que de tanto usar uma hora gasta e nem adianta manutenção. E acredito que ninguém aqui pensa em construir outro Maraca nem tão cedo. Tsc tsc. Em pensar que eles já se esforçaram em pelo menos parecer preocupados.

 

A verdade, Gaiatolândia é que nos abaixamos tanto que mostramos a bunda. E estão passando a mão.

 

Dois Toques e a gente sai na cara do gol!

 

Não deixem de curtir minha página, o Flagaiato, nem de deixar suas mensagens, críticas e xingamentos (que não sejam dirigidos à minha mamaezita) no email [email protected]. Aproveitem e sigam @flagaiato no twitter.

Postado em: Dois toques Por: Jo-Mariano
Anuncie Aqui

Dois Toques

 

Várzea

 

Todos os seres oriundos do estado mais marrento do Brasil e que curtem o soccer atestam estarem enfadados do campeonato estadual e juram de pés juntos que trocariam facilmente a peleja rural por partidas emocionantes de porrinha. Balela! Falam, mas a verdade é que sem estadual essa gente deprime até a morte. Onde já se viu abrir mão de domingos num sol da porra pra assistir seu time levando sufoco do Audax? O carioca não sobrevive. Está na lista das coisas essenciais para um sobreviver sadio na Maravilhosa City.

 

O problema é querem jogar por terra esse prazer masoquista. Aliás, estão fazendo força para arregaçarem nossa Joana.

 

Faz tempo que o estadual mais charmoso do Brasil é uma piada de muito gosto e serve apenas para aumentar em alguns cinqüenta reais a receita duns nanicos e ferrar em níveis norte-coreanos os cofres dos grandes, sempre incapazes de lucrar numa partida sequer.

 

Não bastasse estar há tempo sem o Maraca e obrigados a repetir o enorme mosaico azul do Engenhão, descobriram que fizeram a bagaça nas coxas e resolveram interditar o estádio da Prefeitura. Sendo pouco mandaram todos os clássicos para o calor escaldante de Volta Redonda, num estádio onde é possível sentir em HD o vapor dos fornos da CSN. Ainda assim a tragédia ainda podia ser maior e perceberam uma pequena rachadura no estádio da Cidade do Aço. Rachadura pequena: Meio Grand Canion. E então pediram que para que evitar o fim precoce da tristeza, que todos jogassem nos agradabilíssimos 55 graus de Bangu. “TÁ SERTO!”

 

Onde isso vai dar nem mesmo os gatos mestres de plantão podem dizer, mas que a FFERJ tem se empenhado monstruosamente para que no próximo ano tenhamos uma pré-temporada semestral isso é fato. Barbeiragem atrás de barbeiragem.

 

Nessa brincadeira teve até chilique do Dinamite recusando emprestar o estádio pro Botafogo como aquelas crianças enrustindo o brinquedo. Porra, seu Dinamite, mesmo com estádio próprio, geral na comunidade já sabe que tu não consegue saldar as dívidas da própria casa. E ainda ta de frescurinha com o vizinho que resolveu alugar? Vai ter que vender o corpo, hein! Não é bom ficar negando ajuda à essa altura do prélio.

 

E diante de tantas esquisitices fico aqui esperando o desfecho desse triste desenrolar. Mas aí: Ainda bem que estamos no Rio e podemos curtir uma prainha em tempos de adversidades. Já pensou se fosse em Sampa? Passar o fim de semana inteiro alternando em pagar uma nota numa pizza e admirar a peculiaridade do Rio Tietê?

 

Dois Toques e a gente sai na cara do gol!

 

Não deixem de curtir minha página, o Flagaiato, nem de deixar suas mensagens, críticas e xingamentos (que não sejam dirigidos à minha mamaezita) no email [email protected]. Aproveitem e sigam @flagaiato no twitter.

Postado em: Dois toques Por: Jo-Mariano

 

Reprodução dum típico papo de bar que vai durar até um minuto antes do início da Copa do Mundo em 2014.

 

 

-Fala Zé Marreta! Tudo numa boa com você?

 

-Ótimo, cara! E você, tem alguma novidade?

 

-Estou juntando dinheiro para assistir a Copa do Mundo no estádio.

 

-Mas você acha uma boa ideia isso?

 

-E por que não? Gerações foram e não tiveram a oportunidade de ver uma Copa assim pertinho de casa. Não perco por nada.

 

-Sei não. Transporte público é péssimo, nossa polícia vai trabalhar estressadona, bandidagem vai descer em peso, e aqui no Rio nem cerveja vende nos estádios.

 

-Nem na Copa?

 

-Nem na copa.

 

-Mas que sacanagem! Eu tava torcendo por um gelo durante a partida pra aliviar a guela.

 

-Pode ir tirando o cavalinho da chuva que não vai rolar gelo durante os jogos. E pagar ingresso caro pra assistir seleção estrangeira só na base da água é foda.

 

-Seleção estrangeira?

 

-Sim. Ou esqueceu que o Brasil só joga no Rio se chegar na final? Há grandes chances de você pagar R$300 pra assistir Angola x Bósnia num calor da porra e sem cerveja.

 

– 300 reais? Angola?Bósnia? Sem cerveja? Tá de sacanagem, pode falar.

 

-É sério. Se quiser ver a seleção vai ter que ir pra São Paulo e de preferência uns dias antes pra evitar trânsito congestionado.

 

-Eu em São Paulo, por dias? E minha praia, e minhas mulheres? Como me divirto por lá?

 

-Tem bastante boate gay. Dizem até que por isso que o Ronaldo preferiu ir pra lá.

 

-Ah, cara. Para com isso. Como a CBF chama os caras pra fazer uma Copa do Mundo no Brasil, convida o mundo pra assistir e os gringos que quiserem ver a seleção vão fazer turismo no Rio Tietê? Essa CBF é uma vergonha!

 

-Verdade!

 

-E eu que já juntei uma graninha legal pra Copa… O que eu faço agora?

 

-Seu irmão ainda mora na Chatuba?

 

-Sim.

 

-E o Mané, ainda tem aquele cafofo depois do túnel?

 

-Sim. Aliás,ampliou, fez um quarto pros gêmeos e tá morando com a antiga babá das crianças lá mesmo.

 

-Pense comigo. 300 contos de cada um mais a galera da pelada,os caras da sinuca e a turma do gelo a gente dá um churrasco em todos os jogos do Brasil, compra muita cerveja e ainda sobra uma grana pra pegar o morro da Mimosa no fim da partida. Mais vantajoso que pagar quase 600 pilas pra ver mais um penteado exótico do Neymar lá na Argentina do Sudeste do Brasil.

 

-Gostei da ideia. To dentro. Fechado?

 

-Fechado!

 

-Mas aqui…qual o nome daquela boate gay que o Ronaldo ia que você falou mesmo?

 

Dois Toques e a gente sai na cara do gol.

 

Hoje quero mandar um abraço especial pro Sebastião de Manaus-AM e à galera do “Sou Mengão” que tem fortalecido e mandado mensagens de apoio à esse carioca marrento aqui. Obrigado a todos lá da Terra do Blanka!

 

 

Não deixem de curtir minha página, o Flagaiato, nem de deixar suas mensagens, críticas e xingamentos (que não sejam dirigidos à minha mamaezita) no email [email protected]. Aproveitem e sigam @flagaiato no twitter.

Postado em: Dois toques Por: Jo-Mariano
ACOMPANHANTES SP