TOPO
  • 11/06


    Realmente o Brasileirão possui poderes místicos e debatê-lo por muito tempo nos tira o senso do ridículo e noção da realidade. Qual outro campeonato no mundo permite-nos a paradoxal afirmação “Tá cedo, ainda dá tempo” e ao mesmo tempo dizer “Mas se der mole agora, fodeu”?

     

    Corinthians e Vasco (campeão e vice em 2011, respectivamente) protagonizam dois opostos onde este voa enquanto aquele rala de cara no chão. Vencer as rodadas iniciais é sempre animador e muito importante para um torneio tão longo, mas deve-se domar o êxtase e o físico para uma competição tão grande e oscilante como o Brazucão.

     

    Quando falamos sobre pontos corridos é salutar ter ciência de 4 regras fundamentais: Ninguém estará sempre no topo, ninguém estará sempre na lanterna, ninguém vai ganhar ainda no primeiro turno e, sim, dá pra cair no primeiro turno. E pelo último item é bom que o Corinthians acorde e trate de fazer a tal primeira trinca de pontos o mais rápido possível, porque esse papo de estamos na Libertaores é caô. Nem tem partida rolando. E mesmo que tivesse, ganhar ainda seria basilar, porque o último clube que deixou pra jogar o Brasileiro só depois da Libertadores foi obrigado a vender a alma e o corpo nu pro capeta e ganhar 10 partidas seguidas sob o comando de Cuca para não beijar pela 4ª vez um rebaixamento.

     

    O Campeonato Brasileiro é como uma maratona na ladeira. De nada adianta sair voando, senão você vai cansar e todos te passarão. Do mesmo jeito que não adianta deixar todos se cansar na reta final do caminho para então começar a correr. Técnica e inteligência costumam combinar nessas horas.

     

    Então corintianos, não é necessário sair procurando pau-brasil pra arregaçar a sala de troféu, nem planejar o sequestro do zagueiro, porque ainda dá pra virar o jogo. É só não perder muito a hora senão chega lá pra outubro, rola uma cerimônia, uma missa, cai a imagem de São Jorge…. aí o fim geral conhece né?

     

    Dois Toques e a gente sai na cara do gol.

     

     

    Não deixem de curtir minha página, o Flagaiato, nem de deixar suas mensagens, críticas e xingamentos (que não sejam dirigidos à minha mamaezita) no email [email protected]. Aproveitem e sigam @flagaiato no twitter.

    tags: , , , , , , , , ,

    Leia também:
  • Comentários

    Veja posts legais de outros blogs