TOPO
  • 31/10

    Salve galera do Bandeira Dois que tem fortalecido a vera essa humilde coluna escrita por esse riodejaneirense aqui. O campeonato mais machão do mundo segue a mil nessa reta final e continua deixando os profetas de plantão – os mesmos que ao início do campeonato davam Cruzeiro e Santos como favoritos e Vasco como candidato ao rebaixamento – de boca aberta e no agradecimento de não estarmos no estado teocrata de Israel que sempre mandava pro colo morno do capeta quem frescava em profetagem.
     
    O coro come firme, nada definido, ninguém afim de voar e garantir o caneco… Afinal, qual o problema em faturar o Brasileirão? Preparei um esquema aqui pra mostrar a vocês o que anda rolando nesse torneio louco, mas para isso gostaria de salientar-vos que meu compromisso nunca será com a verdade como ela é, mas sim como esta se apresenta. O popular Vox Populi.
     
    Iniciemos com o azarão Botafogo e sua mística de sempre rodar pro inacreditável bem na hora de engolir a farofa. O time preto e branco do Rio vem fazendo aquela campanha estilo cura do HIV. Esperança há, mas não é bom ficar muito na expectativa. O time do Loco pega o Cruzeiro com a faca no pescoço, bate num placar magrelo e não convence nem Dona Ernestina e seus 106 anos de Glorioso. Um futebol cabuloso pra quem pretende ganhar o Brazuca.
     
    O Fluminense tem a seu favor o inacreditável senso de porra nenhuma que Flamengo, São Paulo e outros aspirantes a Libertadores tem demonstrado nesses últimos jogos. O rubro-negro carioca conseguiu perder de 4 (virou moda lá na Gávea) pro Grêmio, que está sem mãe, pai, nem alguém que o faço ninar. Um vexame daqueles. Melhores mesmo nessa parada estão Vasco e Corinthians que tem vacilado, mas não tanto como os demais. O Vasco, aliás, só perde esse título se for pra ele mesmo – o que acontece com mais frequência que ataque terrorista no Líbano.
     
    Esse Campeonato Brasileiro precisa urgentemente se reformular. O sistema de mata-mata evitava esse tipo de coisa. Tava mal, ralava logo e deixava espaço pra quem tinha sangue. Nem digo que se recupere o cardíaco sistema mata-mata, mas que vire um quadrangular só com quem esteja a no máximo 5 pontos do líder há 5 rodadas do fim. Assim teríamos partidas diretas, jogos emocionantes e evitaríamos frustrações dos torcedores cujos times ainda disputam alguma coisa, nem que seja a fuga da garganta do Satã. Porque nada mais frustrante que assistir ao seu time no estádio ou na TV, receber aquele alerta de gol, criar toda uma expectativa e descobrir que o placar em questão se referia à Figueirense e Bahia. Dá vontade de xingar o cara do placar.
     
    Times na zona do Oásis, vulgo Sulamericana (que parece alguma coisa, mas na verdade não é coisa nenhuma) deveriam já ganhar aquele passaporte pra casa, assistir às finais at home e se preparar para algo mais intenso na próxima temporada. Ou dá emoção lá em cima ou faz a gente rir lá em baixo. Ou calor do cão ou frio da porra. Ou Natal ou Rio de Janeiro. Ficar ali no meio, no Tocantins da tabela é super sem noção.
     
    Mas isso nunca irá mudar se ninguém sãopaular como fizeram os caras de sexualidade questionável (é o que dizem em Sampa, estou apenas reproduzindo) anos atrás quando faturaram a bagaça com rencas de jogos na lambuja. Enquanto os times de verdade permitirem que time cuja sala de troféu não recebe um troféu de respeito desde os tempos em que Seven UP era o refri do momento, equipes de passaporte forjado e timecos que nunca fizeram bonito fora de seus respectivos estaduais figurem entre os aspirantes a algo grande essa palhaçada estará garantida ano após ano. Alguém tem que abocanhar a taça logo e o G4 abrir pelo menos 7 pontos do 5º colocado. Aí sim se criará um abismo colossal entre as partes da tabela e quem sabe tenhamos um brasileirão sem times que merecem disputar a Série Y do torneio de verão da Mongólia categoria amputados ou um racha super equilibrado contra o time de costureiras acima do peso e encalhadas da Lica Moon?
     
    Dois Toques e a gente sai na cara do gol!

     
     
    Não deixem de curtir minha página, o Flagaiato, nem de deixar suas mensagens, críticas e xingamentos (que não sejam dirigidos à minha mamaezita) no email [email protected] Aproveitem e sigam @flagaiato no twitter.

    tags: , , , , ,

    Leia também:
  • Comentários

    Veja posts legais de outros blogs