TOPO
  • 07/10


    Salve galerinha do Bandeira! Enfim a semana passou, é chegada a cerva-feira e anexo a ela nossa hora de dar aquela explanada na rodada que passou. Rodada essa que serviu para provar o que semi-profeta, cartomante de araque já havia previsto. O campeonato Brasileiro será resolvido na última rodada.

    Vasco e Corinthians ficaram a semana toda arrotando um papo besta de final antecipada como se o campeonato se restringisse apenas a eles dois e se esqueceram que bem grudados, baforando no cangote tem uma galera formada de pelo menos uns 4 clubes. Desdenharam o restante, fizeram um joguinho exclusivo e só o que conseguiram foi um empate que serviu pra fazer Flamengo e Fluminense rirem a toa. Fluminense esse que vem fazendo bonito no segundo turno e se aproveitando da debilidade mental de alguns treinadores já defasados para conseguir vitórias épicas. Vide contra o Santos. Os caras saem lá do litoral da Argentina do Sudeste, caem em Volta Redonda, conseguem um empate suado aos 44 do segundo tempo e ainda ficam na ganância de meter mais? Levaram piau aos 50 do segundo tempo, daqueles que chega a dar gosto de sangue bem no canto da boca. Papagaiagem!

    Como a festa com vitória cantada antes do tempo pelo São Paulo. Nada contra o Luís Fabiano que é um excelente jogador, mas pra mim ele já deu, sem trocadilhos só porque o cara é São Paulino.

    Brasileirão embora emocionante tem mostrado uma história bastante repetida. Tem separado os times em classes, o que pode facilitar a CBF na elaboração do Brasileirão 2012. Temos até então Vasco, Corinthians, Flamengo, Fluminense e São Paulo disputando o título; Botafogo como aquela zebrinha enganadora de sempre; os gaúchos apenas disputando, os mineiros se esforçando pra Série B do ano que vem se chamar campeonato mineiro deluxe, Avaí cumprindo seu papel de rebaixamento certo que lhe é peculiar e o restante fazendo direitinho sua tarefa de disputar apenas pra não deixar ninguém faturar o torneio com aproveitamento de 100%.

    Por isso que defendo o campeonato nacional com apenas uns 8 times. 6 pra disputarem e 2 pra caírem. Nada mais justo. Quando que Atlético-GO vai disputar o Brasileiro pra vencer? Se ainda fosse um campeonato de moda de viola ou medidor de maior dor de corno… Nada a ver esse modelinho eclético e democrático só pra lotar nosso calendário.

    Aliás por falar em mudanças, a galera aqui do Rio de Janeiro está angariando fundos para a construção de um puta tratorzão bizarro que possua estrutura para transportar o Morumbi pra Maravilhosa City. É o natural. O São Paulo conseguiu levar piaba dos 4 cariocas at home só nesse campeonato. O natural é que tragamos nossa casa pro Rio. Mas não vai domorar muito não, é só até o Maracanã (um estádio apto para a Copa do Mundo) ficar prontão. Sem contar que poucas coisas no mundo cairiam tão bem quanto o pop star machão estilo pérola e brilhantina, Justin Bieber, dando seus agudos no Morumbi.

    Agora, mudando radicalmente de assunto pra falar de algo triste. O papelão da torcida do Vasco em metralhar um ônibus de torcedores do Corinthians na chegada ao Rio. Pelo século XXI, mundo diferente, fim do mundo logo ali em 2012, menstruação aos 8 anos e ainda tem gente com esse pensamento démodé de quebrar chaleira na testa dos outros só porque o sotaque dele é diferente do seu. Tá certo que ouvir baiano, cearense, piauiense e esses cabras lá de cima reclamando dá vontade de cometer um harakiri tamanha a aporrinhação, mas nada é motivo. Os caras do Corinthians (até que provem o contrário) vieram pra torcer e atitude de pessoas que vêem nisso uma oportunidade de fazer crueldade apenas mantém firme minha tese de que existe sim uma tremenda falta de marido por parte de alguns. Que sair na porrada? Saiam entre si. Se matem. O que não pode é uma minoria mal-acabada sujar o nome de toda uma torcida como a do Vasco. Eu estou aqui vendo como é, mas a paulistada, mineirada e o resto do Brasil que mora mau não tem noção de como é o vascaíno.

    Eu entro e saio da presença deles numa boa, curto um gelo com vascaínos, sou amigo de algumas pessoas que se simpatizam com essa organizada bandida, que não darei a honra de ter seu nome nesse texto, e nunca tive problemas. Nessa hora que penso e pergunto ao meu Deus por que o satélite do tamanho de um ônibus que espatifou na Terra não acertou ao menos um infeliz desses?

    Não acho certo a imprensa paulista meter o pau na torcida do Vasco generalizando como alguns fizeram. Não importa em qual âmbito da vida. Se no religioso, futebolístico, na rua, na chuva, na fazenda, ou numa casinha de sapê. Filho da Puta se procria sem a necessidade do coito. O filho da putismo é um mal tão prejudicial quanto Cláudia Leite no Rock in Rio, mas é necessário pois serve pra entender quem é quem.

    Vou ficando por aqui porque já falei demais, a cerva chama, a rapeize espera e a night é só um children.

    Dois Toques e a gente sai na cara do gol.
     
    Se você quiser enviar elogios, críticas, sugestões, fotos, vídeos, mande para [email protected] e não deixem de curtir o Flagaiato.
     

    tags: , , , , ,

    Leia também:
  • Comentários

    Veja posts legais de outros blogs