TOPO
  • 13/07

    Wilfred Minter 

    O futebol é um dos esportes que mais mexe com as emoções dos torcedores. Agora, já imaginou acompanhar uma partida com 15 gols? E o pior de tudo: ver o artilheiro que marcou praticamente metade deles sair derrotado. Essa história maluca aconteceu em 1922, na Copa da Inglaterra, e envolveu os times St. Albans City e Dulwich Hamlet.

     

    A partida aconteceu no dia 22 de novembro de 1922 e foi iniciada às 15h. O Dulwich, de Londres, marcou o primeiro gol, mas não contava com um herói do time adversário: Wilfred Minter. O cara foi lá e virou o jogo, metendo logo 3 gols de uma só vez. Se acabasse por aí, ele já poderia pedir música para o “Fantástico” da época, mas o destino ainda seria cruel com o jogador.

     

    O Dulwich consegui virar novamente a partida, mudando o placar para 5 a 3. Acontece que o St. Albans, que atualmente disputa a 6ª divisão do campeonato inglês, estava disputando a partida com um jogador no lugar do goleiro e precisava contar com o talento de sua única estrela para tentar não levar uma goleda.

     

    Wilfred Minter 

    E Wilfred Minter não se fez de rogado. O cara, que em toda a sua trajetória no clube fez 356 gols em 362 partidas, estava inspirado naquele dia e queria pedir DUAS músicas no “Fantástico”. Para isso, ele foi lá e meteu mais 3 gols, novamente virando a partida para 6 a 5. A história poderia acabar por aí, mas o Dulwich empatou e levou o duelo para a prorrogação.

     

    O jogo acontecia no estádio do Dulwich, que conseguiu mais uma virada no começo da prorrogação, obrigado Wilfred a lutar ainda mais! E não é que ele conseguiu? Empatou de novo, agora em 7 a 7, fazendo o St. Albans tentar segurar esse resultado até o final – caso acabasse assim no tempo extra, outro jogo seria necessário, mas desta vez na casa do St. Albans.

     

    Veja mais curiosidades sobre o mundo dos esportes!

     

    Mas não deu certo… No último minuto, o Dulwich sacramentou a derrota do St. Albans, em uma partida que colocaria Wilfred nos recordes mundiais como o jogador que mais fez gols em uma só partida sem com isso dar a vitória a seu time. Os 4 mil torcedores presentes, a maioria do Dulwich, presenciaram algo inédito e até hoje nunca superado. Ao menos eles também tiveram um artilheiro, já que um jogador chamado Davis fez a metade dos gols de seu time.

     

    Via Mega Curioso.

  • 16/02

    Michael Jordan 

    O número 23 ficou marcado na história do basquete como o número de Michael Jordan. Mas, embora o jogador tenha o usado durante a maior parte de sua vida, alguns outros algarismos estamparam suas camisas.

     

    Um exemplo é o raríssimo número 12, usado em uma partida entre Chicago Bulls e Orlando Magic em 1990. Segundo a história, os roupeiros do time tiveram que improvisar depois de a tradicional camisa 23 de Jordan desaparecer durante a viagem a Orlando. A solução foi a camisa reserva de número 12, que não tinha nem nome.

     

    Em celebração ao jogo, que completou 27 anos na última terça-feira (14), a NBA e a marca Mitchell & Ness lançaram uma autêntica camisa dos Bulls com o número 12. O item de colecionador pode ser comprado no site da NBA Store e nas lojas da liga em Nova York.

     

    Veja mais posts sobre a NBA aqui!

     

    O preço, também de colecionador, é US$ 299 (aproximadamente R$ 922).

     

    Via GQ.

  • 30/04

    Vejam que interessante como funciona a mudança nos ginásios americanos para diferentes esportes. O mesmo ginásio é usado para jogos de diversas modalidades. Veja nesse vídeo a mudança feita em um ginásio de um jogo da NBA (basquete) para um jogo da NHL (Hóquei no gelo).

     

    As the playoffs are well under way I think its time to give credit to the people helping make this happen. As some teams hail from the same city, they share venue and sometimes due to scheduling, have to play in the same stadium on a gamenight

  • 18/04
  • 01/04

    rugby

     

    Alex McKinnon, jogador de rugby profissional do Newcastle Knights, tem apenas 22 anos e há uma semana sofreu uma grave fratura durante um tackle em uma partida contra o Melbourne Storm. As imagens fortes foram registradas pela televisão local e mostram o momento em que o atleta cai após uma jogada perigosa.

     

    O jogador foi prontamente atendido e foi induzido ao coma depois que o diagnóstico apontou que ele havia quebrado duas vértebras. McKinnon passou por uma cirurgia de emergência para remover as vértebras e inserir uma placa metálica para manter o restante das vértebras no lugar.

     

    A população e os demais atletas australianos têm utilizado as redes sociais para demonstrar apoio à causa, principalmente após a notícia de que o atleta ficaria tetraplégico por causa do acidente. Abaixo, você confere as fortes imagens do momento do acidente:

     

     

    Via Megacurioso.

Página 1 de 612345...Última »