TOPO
  • 27/09


     
    Foi ao ar nos EUA o segundo episódio da série Two and a half man (Dois homens e meio). Veja abaixo como foi a continuação da preimière do começo a nona temporada da série.

    Para começo de conversa, Ashton, nesse novo episódio, usa seu charme para manter a hilária (e muito direta) Berta como empregada da casa. Ela até ensaia uma despedida sentimental de Alan enquanto sonha com o novo patrão, apenas para, ao abraçá-lo, avisar que ficará com seu quarto. Só há um problema: adivinha quem Alan esquece na casa? O filho, Jake. E Walden: “Hora de começar a vida como solteiro”. Alan se muda para a casa de Holland, a mãe super-independente que avisa: “Não se meta no meu quarto, especialmente se eu estiver acompanhada e você me ouvir gritando Sombrinha, ok? É o meu código secreto!”, diz, para horror do filho. Enquanto isso Berta segue com pensamentos libidinosos em relação a Walden, rendendo alguns dos momentos mais engraçados da noite. Para fugir dos gritos de prazer da mãe, Alan acaba caindo na noite com Walden. Detalhe: já se chega ao meio do programa e ninguém se deu conta de que Jake ficou na casa.

    Logo depois, Walden aparece na casa em que está Alan com a desculpa de que ele tinha esquecido livros lá. “Na verdade estou me sentindo só”, confessa. Walden se abre então com Alan, fala que namorou sua Bridget (Judy Greer) desde a escola primária e quase causa um acidente de carro, enquanto Alan, vivido pelo ator Jon Cryer, faz uma referência hilária a sua colega de filmes nos anos 80, Molly Ringwald (pelo menos os cinéfilos de carteirinha vão adorar). “Desculpe eu ter te assustado dirigindo tão rápido”, diz Walden, rumando para a casa de Bridget. A resposta de Alan? “Desculpe eu ter feito xixi no seu carro”. Walden não tem tempo de protestar e dá uma de Homem-Aranha, trepando no portão elétrico da ex-mulher. O choque, literalmente, é intenso. E Alan também sofre.

    “Estou cansada de ser sua mãe! Não dá pra viver com Peter Pan!”, reclama Bridget. Eis o papel da ex: mostrar que Walden é um crianção. Ele então pede uma chance para crescer. Mas depois de 15 anos, ela avisa – acabou mesmo. E os dois – Walden e Alan – acabam enchendo a cara, bem à vontade, na casa de Malibu. Os dois acordam juntos, sem roupa, na varanda da casa. “Mas não leve em conta o que está acontecendo lá embaixo, é o que acontece comigo de manhã”, diz Alan. Detalhe: eles não estão sós. Berta, afinal, também mora na casa.

    A tarde cai, Bridget chega para se desculpar justamente quando uma das viúvas de Charlie, Penelope, de biquíni, está atacando Walden. E Ashton Kutcher, uma vez mais, aparece com o torso de fora em mais da metade do episódio. Mas Alan salva sua pele, dizendo que a gata é dele, e pede para ficar na casa de Walden (que comprou a mansão-cenário da série). “Claro, o que você quiser”. “Só por uns dias, uma semana, uns meses”. E quando Walden fecha a porta, Alan vira-se para a câmera e dispara: “I’m back!”.
     
    Via

    tags: , , , ,

    Leia também:
  • Comentários

    Veja posts legais de outros blogs