Garotas de programa de Brasília - Brasil lovers
18
jun

Você sabe como as redes sociais começaram e o Instagram?

instagram

Desde os anos 2000 vemos a popularização da internet subir de uma forma exponencial. Sendo, literalmente, um visualizações novo serviço de comunicação e entretenimento que quebrava todas os conceitos da comunicação telefônica, por TV, impressa ou rádio, a Internet realmente foi um marco de nossa sociedade.

Os primeiros passos de sociabilidade dentro do universo virtual datam de 1969, com o desenvolvimento da tecnologia dial-up, assim como o Bulletin Board System, que unia a linha telefônica à linha de internet e visualizações instagram.

Na década de 90 vimos o Prodigy, que criou um sistema de mensagens instantâneas, e o nomeou de “Messenger”. Depois disso, a tecnologia só aflorou, sendo em 1994 a data de lançamento do Geocities, que muito se assemelha às redes sociais dos dias de hoje. Instagram Chegou, inclusive, a ter 38 milhões de usuários, e foi comprado pela Yahoo!.

Com o terreno fértil para redes sociais novas, comprar visualizações Instagram surgiram logo depois disso a Fotolog, Friendster, MySpace, LinkedIn e muitas outras redes sociais da era dourada. Próximo de 2010 vimos o nascimento da rede social que dispensa apresentações aos brasileiros: o Orkut.

A rede social da Google foi a mais utilizada por muitos anos por nós brasileiros, até que perdeu o título para o Facebook. Hoje, visualizações no instagram vivemos outro boom de redes sociais, mas muito disso vem das mudanças na forma que nos comunicamos. Redes que se baseiam em interações escritas passam a se tornar obsoletas, e mutam-se para conseguir espaço no mundo visual (reinado do Instagram).

É o caso do Twitter, por exemplo, que agora instalou em seu software a opção de stories, concorrendo de frente tanto com o Facebook quanto o Instagram.

O que você espera que irá revenda social nascer daqui comprar visualizações para frente? Comente aqui quais suas expectativas para o futuro das redes sociais! Adoraríamos saber o que pensa!

Postado em: Publieditorial Por: Binho


Deixe seu comentário:

acompanhantes de são paulo