TOPO
  • 05/07

    No banco de trás

     

    Olá, meus amores. Tudo bem com vocês? Eu não podia estar melhor, ainda mais agora que estou trabalhando no estúdio de tatuagem que eu tanto queria. Então, como eu estou muito feliz, estou escrevendo esse texto delicioso sobre… Boquete! Isso porque alguns leitores pediram para escrever sobre, pois disseram que eu estava sendo imparcial, só porque tinha escrito apenas sobre oral EM mulheres. Claro que não, meninos! Eu nunca vou esquecer de vocês, que também adoram receber uma chupada de uma mulher. Então, Voilá!

     

    Loira boquete

     

    Eu sou da teoria que não exista mulher que não saiba fazer um boquete. É claro que não é SÓ meter um pau na boca, mas também não é um cálculo polinômico. As meninas que acham que não sabem fazer boquete, só precisam lembrar de três regrinhas básicas indispensáveis na hora de deixar o macho contente:


    Primeira regra: Velocidade não ajuda em nada.

     

    Do mesmo jeito que é completamente escroto quando um homem te chupa como se fosse um bezerro mamando na teta da vaca, também não dá pra fazer isso com o pênis do cara. Não adianta truculência, ele NÃO VAI sentir prazer. Comece devagar, acariciando o pênis, dando beijos delicados e lambidas. Pegue com vontade, mas não aparentando uma pessoa faminta perdida no deserto que depois de oitenta dias finalmente encontrou civilização. Calma, cara. Vai devagar. Ainda mais porque se você fizer um movimento brusco sem controlar a sua força, pode ser que você acerte sem querer um local muito sensível. Vai ser desagradável pra você e pra ele, sem contar o climão depois.

     

    Você também pode dar umas lambidas no saco, dando uma chupada leve num lado e pressionar a língua entre os testículos e a base do pênis e depois, lentamente, subir com a língua até a glande e começar o trabalho.

     

    Sasha Grey

    Com muito cuidado, coloque o pênis na boca e faça com que a sua língua roce nele delicadamente. Pode enfiar até sentir a glande encostando-se ao fundo do seu céu da boca. Logo depois, com a mesma delicadeza que você inseriu, retire, não esquecendo de deixar que, ao sair, arraste em seus lábios. Continue vagarosamente, até sentir mais confiança e poder aumentar a velocidade minimamente

     

    Se você não sabe qual a hora de começar a ir rápido, não se preocupe, ou cara vai te dizer, ou simplesmente colocará a mão atrás da sua cabeça pra te ajudar a controlar os movimentos e a velocidade (uma dica pros rapazes: se você está com uma mulher inexperiente, faça o que acabei de dizer. Vai ajudar e muito :3)


    Segunda regra: Não banque um pitbull em estado de fúria.

     

    Não sabe o que significa isso? Simples: NÃO MORDA. Por tudo o que existe de mais sagrado e puro no amor efetuado com movimentos pélvicos impulsionado pela vontade da procriação. Não dê mordidas, não belisque. A não ser que o rapaz seja masoquista e PEÇA para que você faça esse tipo de coisa, não faça. Você alguma vez já foi ligar o chuveiro elétrico e tomou um choque na mão? É exatamente a mesma coisa que ele vai sentir: um susto do caralho (literalmente) e não vai ser na mão, mas sim, na parte mais sensível do corpo dele e que ele protege todos os dias com o maior carinho. Portanto, se não quiser causar aquele constrangimento, trate o pau dele como se fosse ele: com todo cuidado que você possa transpor para suas mãos.


    Terceira regra: Não para, que tá gostoso.

     

    Decepção

    “Tá bom?”, “Tá sentindo prazer?”, “Tá gostoso?”, “Já vai gozar?”. A imagem ao lado relata o mesmo sentimento que o homem tem quando uma mulher para o boquete pra perguntar essas coisas. Por favor, POR FAVOR, não façam isso, garotas. A coisa mais difícil do mundo é um homem fingir prazer (eles existem, mas é uma parcela absurdamente mínima). Então se o cara está gostando, ele simplesmente vai relaxar, gemer, suar, respirar forte, dizer pra você continuar. Então não pare! Se ele não estiver gostando, ele VAI dizer que não está. Vai dizer pra você ir mais rápido, ou mais devagar ou o clássico cuidado com os dentes. Ainda assim, não há necessidade de parar. Simplesmente controle melhor os movimentos tendo em vista o prazer dele.

     

    Gozada

    Ain, Kira, ele vai gozar na minha boca! E meu cabelo pode ficar sujo!

     

    Ajoelhou, minha filha, tem que rezar. É claro que você não é obrigada a ter um jato de porra dentro da boca, mas olha… sinceramente? Vai ser bem mais limpo deixar ele gozar dentro da sua boca do que você dar aquela destampada no final e aquela GOMA espirrar pra tudo quanto é lado. Não quer engolir? Tudo bem, eu entendo, é só ir ali no banheiro enquanto o cara se recupera e dar aquela cuspidinha discreta.

     

    Quanto ao cabelo, garota, amarre antes de começar. Realmente é irritante quando você está lá aplicando o prazer no cara e o seu cabelo está escorrendo pelos lados se juntando ao suor e a saliva proveniente da sua boca.

     

    Seguindo essas regrinhas, aprender a fazer um boquete gostoso não será mais tão difícil. Apenas continue, relaxe e deixe ele gozar <3

     

    Não se esqueçam de se proteger, ta?

     

    Beijinhos da Kira.

     

    Quer dizer algo, fazer alguma pergunta e manter o anonimato? Então escreva para [email protected].
    Você pode também tirar sua dúvida pelo twitter (@kiruda), não deixe de me seguir.

    tags: , , , , , , , ,

    Leia também:
  • Comentários

    Veja posts legais de outros blogs