TOPO
  • 26/08

    É pouco comum vermos exercícios de estilo em veículos deste gênero. Porém, o Superbus é tão potente e eficiente como qualquer desportivo moderno. Consegue percorrer uma auto-estrada a 250 Km/hora e, simultaneamente, deslocar-se na cidade com pacatez e segurança até ao seu destino. Ele começou a ser produzido em 2008.

    O Superbus é um projeto financiado pelo governo holandês concebido pela Universidade de Tecnologia de Delft com o intuito de ser uma alternativa aos transportes ferroviários de alta velocidade. Com 15 m de comprimento e 2,50 m de largura, as suas dimensões em nada diferem das de outros veículos de transporte de passageiros. Porém, devido à ausência do compartimento inferior para bagagens e à colocação baixa dos assentos, possui uma altura total de apenas 1,70 m. Assemelha-se assim a uma longa lâmina que corta o ar rente ao solo com um coeficiente aerodinâmico tão invejável como 0,2!

    Tal como um automóvel desportivo topo de linha o Superbus está equipado com uma gama de soluções tecnológicas avançadas: computador de bordo, suspensão ativa, radar para detecção de obstáculos, navegação automática, etc. A propulsão será assegurada por seis motores elétricos, um por cada uma das seis rodas, com uma potência de cerca de 300 Kw (400 HP). Como se não bastasse, linhas elegantes e agressivas fazem deste protótipo uma proposta aliciante para transportar rápida e confortavelmente até 50 passageiros estrada afora, de cidade para cidade.

    Será utópico pensar que, num futuro breve, os veículos individuais desaparecerão para dar lugar aos transportes coletivos; existirão sempre como resultado da conquista pessoal da mobilidade. O argumento da poluição parece também já não fazer sentido, à medida que aparecem novos sistemas de propulsão amigos do ambiente. No entanto, o futuro dos transportes coletivos é promissor, assim consigamos encontrar soluções viáveis e interessantes como o Superbus.

    Twitter: @JuniorChioratto

    tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

    Leia também:
  • Comentários

    Veja posts legais de outros blogs