TOPO
  • 08/11

    Imagine um equipamento controlado por 10 computadores num total de 60 GB de RAM, com três telas de vídeo 3D com um campo de visualização de 180 graus com sistema surround Dolby, que recria o ronco encantador da máquina! Mergulhe a fundo num campeonato da NASCAR, Fórmula 1 ou WRC… Conheça o Hexatech IAAPA 2009, o novo simulador da Cruden.

     

     

    Quem nunca brincou com os velhos jogos eletrônicos? Quem já não fez campeonatos de vídeo game com os vizinhos? E quando a competição era para ver quem se fazia mais rápido na pista? Com certeza sentimos nossas mãos suarem, os olhos sem piscar e a boca seca. Esqueça… O nível de adrenalina estava alto apenas pelo fato de estarmos manipulando simuladores de situações emocionantes o que, hoje em dia, se tornou comum. A indústria de jogos eletrônicos cresce e supera a cada dia nossas expectativas quando falamos em simular sensações de estar dentro de um Fórmula 1, de aviões a jato, motos, seja o que for… Mesmo que por um minuto, gostamos de sentir como seria estar no lugar daquele piloto e ter o poder dessas máquinas em nossas mãos.

     

    A Cruden, uma talentosa e competente empresa de simuladores automotivos, apostou mais uma vez neste tema que, além de entreter, faz com que os pilotos profissionais possam potencializar seus treinos através desses “brinquedos para gente grande”. Aliás, há tempos que este tipo de equipamento vem sendo colocado e utilizado cada vez mais perto dos pilotos e engenheiros para que se possa ganhar tempo e qualidade sem comprometer as peças do veículo. A equação proposta é: divirta-se até onde sua adrenalina puder agüentar. Mas o novo Hexatech IAAPA 2009 é um brinquedo muito sofisticado, é o simulador derradeiro.

     

     

    Imagine um equipamento controlado por 10 computadores num total de 60 GB de RAM, com três telas de vídeo de 42 polegadas com um campo de visualização de 180 graus e um sistema surround Dolby, que recria o ronco encantador da máquina! E acredite: o total de energia consumida é de 5 quilowatts! Não mais do que a potência de cinco microondas ligadas simultaneamente. A simulação fica melhor ainda por conta de um tripé hidráulico, totalmente suspenso, permitindo sentir as vibrações e reações do chassi, pista, pneus, comboio de manipulação das configurações, aerodinâmica… Permite até simular com exactidão as fortes acelerações que sentem os pilotos de NASCAR, Fórmula 1 e WRC.

     

     

    Preocupado com segurança? O bom é que não precisa usar capacete; o ruim, é que ainda não é um produto comercial. Mas se você tem um espaço de 10 m2 com teto alto para o colocar e uns US$ 191.000, não tarda ele poderá ser todo seu!

     


     
    Fonte: Aqui e Aqui

    tags: , , , , , , ,

    Leia também:
  • Comentários

    Veja posts legais de outros blogs