TOPO
  • 03/11


    Bom hj vou falar de algo que me tocou muito essa semana. Eu curto pra caramba uma putaria, muito mesmo. Mas antes, pra satisfaze de verdade meu físico, preciso tá com o meu emocional satisfeito. Estava olhando as perguntas, e dicas de post, conversando com o meu superior aqui no blog e notei que a galera quer fazer a mulher gozar, descobrir o ponto G e ainda não percebeu que esse processo é algo muito além do físico.

     

    Há uma sutil diferença entre ter prazer só físico e ter prazer físico e emocional. O amor e um ato vivo e desacreditado. Tem tantas pessoas secas e fazias. Tantas pessoas que querem usurpar o seu próximo que esquecem que se doar e amar vai ter o físico com muito mais libido. Todo mundo tem uma fase de pegação, galinhagem e afins. Mas o completo mesmo é fazer amor. Sei que to dando minha bunda na feira postando esse texto, e isso muito me
    entristece, apesar de amar um sexo anal, de uma putaria do caralho sou humana e vejo a total necessidade de tocar nesse assunto.

     

    Quando você ama, você confia você espera e deseja seu parceiro, tá sexo casual é ótimo! Mas sexo casual é um ato que sempre um sai envolvido, experiência própria e de amigos e amigas que acompanho fora do anonimato. O ato de amar, não significa amar só o próximo e sim satisfação pessoal, não egoísmo e futilidade, mas sim segurança. Quando se a amor próprio de verdade você não vê a necessidade de usar uma pessoa, de só usar. Você usa, mas trata. Tudo que toda mulher deseja, muito antes de um sexo gostoso é aquele carinho, aquele elogio e sim a certeza que isso não vai ser só naquela noite. Até eu que já estou acostuma com tocos atrás de tocos, não perco a esperança disso. Não é grudar é tratar de algo que você desfrutou cuidar.

     

    É jogar limpo! Você não precisa namorar e nem continuar ficando com a pessoa. Você pode ser honesto, falar o que realmente quer, sem ser grosso e sem ser apenas um usuário. Até porque se você cuidar na medida certa, sem grude, mas dando assistência, meu amor você terá um bom sexo, carinho e respeito por muito tempo. Não sair espalhando do cara e da moça que você ficou é um sinal de carinho muito válido. É um respeito sem explicação, é aquele ditado neh!? Quem come quieto, come duas vezes. O tratar é algo inexplicável. Vou contar algo que aconteceu comigo recentemente.

     

    Conheci um cara, amigo de amigos meus e aproximei dele, usei a minha beleza pra isso acontecer, apesar de ter sido difícil sair com ele, caso de um mês ou mais, saímos, fizemos um programa Cult! Gostei, ele foi carinho e atencioso. Aí veio o sexo. Talvez não como eu esperava, fique meio assustada no começo eu confesso, mas foi bom. No dia seguinte resolvemos repetir a dose, dormi na casa dele e talvez isso fez perder um pouco o tesão. Estou com problemas de insônia, estou passando por uma fase difícil e isso tá me tirando o sono. E mesmo depois de transar fiquei com insônia. Tá eu não posso exigir que o relógio biológico do meu parceiro me acompanhe, mas posso esperar compreensão. A pessoa simplesmente perdeu a paciência, ficou nervoso. Deixo-me no quarto e foi esfriar a cabeça tocando guitarra. Velho eu espero até mais sexo, menos isso. Me senti muito usada, se eu pudesse eu me tele transportava até a minha casa. Bom finalmente o sono chegou e na manhã seguinte eu tive uma rapidinha e – já pegou suas coisa, pra eu te deixar em casa? Eu sei que você queria me comer, mas o carinho no dia seguinte determina se eu vou querer sair novamente com você ou não. E olha o cara pode até fazer de propósito, mas meu boquete é espetacular e sou muito boa de cama, sempre quem come uma vez, quer comer mais. O fato é: Essa pessoa que sair comigo novamente e sinceramente eu não sei. Sei que transar
    por transar pra muitos caras com cultura e criação, personalidade ou até burrice diferente da minha significa sinônimo de mulher fácil. Mas falar isso ou demonstrar isso deixa claro que o cara é só mais um idiota que a mulher pegou, e não vai ser lembrado, e fama vai passar a diante. Depois o cara reclama que a mulher foi isso, ou aquilo, mas e vocês? Se vocês tratam a gente como mercadoria não pode reclamar se a gente só olha a vantagem financeira em sair com vocês e vice e versa.

     

    O que toda mulher quer é um sexo por inteiro. Carinhos antes e depois do ato, talvez até durante – no meu caso só consigo ser carinhosa depois de um tempo de envolvimento. E se ela apaixonar? A vida é apaixonante meu amor, desde que aja respeito e sinceridade tudo vale a pena, vale correr todos os riscos. Lembre-se sinceridade não é sincerocidio. Para ser sincero não tem que ser como eu. Numa sinceridade ácida. Tem como deixar claro uma relação, sem ser um babaca imbecil. Quando se tem isso, não importa o tamanho do pênis, ou a forma do corpo, ou qualquer coisa, se a mulher chegou ou não no orgasmo ou gozou. A satisfação dela vai tá só em ter você por perto.

     

    Bom galera é isso, não sei se estou correspondendo à expectativa de vocês, mas estou aberta a crítica. Qualquer coisa e se quiser falar diretamente comigo, me segue lá no twitter (está no fim da coluna) que vou respondendo, falando putaria tbm, mas sendo sincera o tempo todo e falando o que eu acho que é o ideal pra se fazer a dois.

     

    Beijos pra vocês e inté.
    Pimenta Picante
     
    Tem twitter? então me segue queridos
    Mande o seu tema ou pergunta pro e-mail [email protected]

    tags: , , , , , ,

    Leia também:
  • Comentários

    Veja posts legais de outros blogs