TOPO
  • 21/08

    Se você fica impressionado quando vê Lady Gaga e outras divas ousando desfilar sapatos pouco comuns por aí, é por que ainda não conhece o trabalho do designer Kobi Levi. Depois de ver as verdadeiras obras de arte deste israelense, até começamos a achar Lady Gaga antiquada.

    Andar com a Madonna a seus pés, se manter firme mesmo tendo uma casca de banana nos sapatos ou nem se preocupar com o incidente desagradável de pisar num chiclete são algumas das propostas dos sapatos desenvolvidos por Kobi Levi. O designer israelense não cria apenas sapatos conceituais, ele cria obras de arte que podem ser usadas: designs arrojados que se mesclam à ironia e ao bom humor.

    Fica difícil ver a linha que separa a moda da arte em suas obras. O próprio artista se refere às suas criações como telas: “O sapato é a minha tela. O gatilho para criar uma nova peça começa quando uma idéia, um conceito e/ou uma imagem vem à mente. A combinação da imagem com o calçado cria um novo híbrido e o conceito/design ganha vida. A peça é uma escultura que se pode vestir.”

    Sua inspiração vem, na maioria das vezes, de fora do mundo do calçado. Por exemplo, sua última série de sapatos foi inspirada por pássaros. Levi acrescenta que quando ele pensa em um sapato, pensa como obra de arte, uma obra que você possa viver. Ao mesmo tempo que ela é modificada no seu corpo, você também é modificado por ela.

    Levi graduou-se em 2011 na Bezalel Academy of Art and Design, em Jerusalém. Atualmente trabalha em sua linha de sapatos femininos no seu ateliê em Tel-Aviv, porém já trabalhou com companhias da Itália, China e até mesmo do Brasil.

    Outro aspecto importante do seu trabalho é a forma quase artesanal como ele os concebe: todos os sapatos são feitos à mão. Kobi diz que o desafio de desenvolver suas obras dessa maneira é o que o estimula.

    Dentre as obras mais impressionantes de Kobi estão um sapato em formato de boneca insuflável, alguns representando animais como pássaros, cachorro e gato, outros formados por dois sapatos com o nome de mãe e filha, em que o salto é uma representação em tamanho menor do próprio sapato, e até mesmo um sapato inspirado em pornografia.

    Mas sem dúvidas as criações que despertam mais atenção do público são o par de sapatos que recebeu o “singelo” nome de “Blonde Ambition”, claramente inspirado na tournê de Madonna na sua fase “vestido com seios pontudos + microfone de cabeça + rabo de cavalo loiro claríssimo” e um outro par em que o artista simulou aquele episódio, algo entre nojento e irritante, pelo qual todos nós já passamos de pisar em um chiclete.

    É impossível ficar indiferente às imagens das obras de Kobi Levi, mas será também impossível usá-las? Alguém se habilita?


    tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

    Leia também:
  • Comentários

    Veja posts legais de outros blogs