TOPO
  • 16/01

     

    As peças de Calvin Nicholls são feitas do papel para o papel. Isso porque ele faz primeiro o desenho da arte final, todos os detalhes e planos do que vem a sua cabeça. Depois é hora de pôr a mão na massa. O inglês utiliza um material chamado “archival paper” em inglês, que é feito com diferentes espessuras de algodão.

     

    Assim, durante semanas, o canadense recorta detalhadamente as esculturas para tomarem a forma desejada. As menores medem 20 x 25 cm e as maiores chegam a ter mais de 2 metros. As peças que constrói para si próprio são animais, principalmente por ter crescido observando a natureza e a vida selvagem; no entanto, quando recebe encomendas, ele também cria pessoas, carros e formas abstratas.

     

     

    O produto final, após os planos, desenhos e entalhamentos, é a fotografia, cuidadosamente iluminada para ressaltar todos os detalhes e sombreamentos que Calvin pensou inicialmente. É nessa hora que ele sente o prazer naquilo que faz e quando aparecem surpresas, como perceber que uma parte encaixa espontaneamente em outra e a peça toma vida própria.

     

     

     

     

     

     

     


     
    Via

    tags: , , , , , , , ,

    Leia também:
  • Comentários

    Veja posts legais de outros blogs