TOPO
  • 24/12

    Dois Toques

     

    Não, não me refiro à torcida do Corinthians, afinal ninguém mais aguenta ouvir falar de Corinthians nesse fim de ano. Do despertar ao descansar todo e qualquer programa de TV dá um jeito de inserir o escudo do clube paulista em algum lugar. Se passasse filme pornô na TV aberta o veríamos em lugares antes inimagináveis.

     

    Mas aqui o bando de loucos se trata dos playboys de apartamento, viúvas do Winning Eleven que nunca se cansaram em dizer que Fernando Torres era um puta atacante, quase um Pelé.

     

    Fernando Torres

     

    O espanhol que disputa campeonatos cheirosos e em HD mostrou todo o seu poder de fogo na final do Mundial exibindo caneladas, isolões, bicos e um domínio de bola semelhante ao de um avestruz. Inadmissível que alguém perca a bola num bote velocidade de foca do Danilo após levar uma surra da pelota que em momento algum esteve totalmente sob seu domínio.

     

    Na etapa inicial da partida o cidadão recebeu um lançamento primoroso, viu o goleiro saindo pra abafar com a bola ainda no ar e não teve a capacidade de sequer pensar em tocar por cima. Até o atacante do meu time de pelada assim faria.

     

    Fernando Torres personificou todos os enganadores que são vendidos por milhões de notas graças à Master League. Torres, Forlán, Daniel Alves… A lista está ficando extensa.

     

    Sequei, não queria o Corinthians campeão exatamente pelo bombardeio midiático e por ser obrigado a ouvir sotaque paulista 24 horas por dia. Mas até que foi bom. Demos um passo para acabar com o mito que tudo do lado de lá é melhor que do lado de cá. Além de me proporcionar uma enorme sensação de bem estar quando penso que não existe em meu guarda roupas nenhuma camisa futebolística dos lados das “Oropa”.

     

    Poupei dinheiro e evitei o vexame de ter uma camisa azul dum time que jogou um futebolzinho tão mixuruca que se repetisse a atuação no Campeonato Brasileiro o rebaixamento seria cortesia da casa. Tsc tsc tsc

     

    E você aí bajulando europeu e enchendo a boca pra falar do Fernando Torres, que nada mais é que uma versão espanhola do Rafael Moura com a sutil diferença de que o He-Man consegue acertar o gol.

     

    Dois Toques e a gente sai na cara do gol!

     

     

    Não deixem de curtir minha página, o Flagaiato, nem de deixar suas mensagens, críticas e xingamentos (que não sejam dirigidos à minha mamaezita) no email [email protected]. Aproveitem e sigam @flagaiato no twitter.

    tags: , , , ,

    Leia também:
  • Comentários

    Veja posts legais de outros blogs